fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Elias Ymer, Bjorn Fratangelo, Maximo Gonzalez, BordeauxCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Elias Ymer, Bjorn Fratangelo, Maximo Gonzalez, BordeauxCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Elias Ymer, Bjorn Fratangelo, Maximo Gonzalez, Bordeauxtênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/rogerinho/0514_bordeaux_prepara_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/rogerinho/0514_bordeaux_prepara_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Rogerinho vira em Bordeaux e se garante na final
14/05/2016 às 13h39
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/rogerinho/0514_bordeaux_prepara_int.jpg" title="Rogerinho vai em busca do primeiro título da temporada" />

Rogerinho vai em busca do primeiro título da temporada

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Bordeaux (França) - O paulista Rogério Silva vem fazendo uma grande semana no challenger de Bordeaux. Cabeça de chave número 7, ele saiu atrás, perdeu seu primeiro set no torneio, mas conseguiu ir buscar a virada e derrubou o sueco Elias Ymer com o placar final de 4/6, 6/1 e 6/3, depois de 1h53 de confronto.

Buscando seu primeiro título na temporada, Rogerinho disputará sua segunda final de 2016 contra o norte-americano Bjorn Fratangelo, campeão juvenil de Roland Garros em 2011, que bateu na outra semifinal deste sábado o argentino Maximo Gonzalez, algoz do gaúcho André Ghem e do cearense Thiago Monteiro, com parciais de 7/6 (7-5) e 6/1. 

A campanha do número 2 do Brasil no torneio francês, disputado no saibro e com premiação de 85 mil euros, o fará subir no ranking, alcançando a 88ª colocação por enquanto. Se conseguir faturar o título no domingo, Rogerinho se aproximará de sua melhor posição (84ª) da carreira, ficando apenas um posto de igualar a marca.

Garantido na chave principal de Roland Garros, o paulista havia vencido seus três jogos anteriores em Bordeaux sem perder sets, mas viu Ymer levar a melhor na primeira parcial da semi. Ele não se abalou com o placar negativo e já deu a resposta em seguida, faturando o segundo set com tranquilos 6/1, empatando assim o confronto. 

Rogerinho levou a definição para o terceiro set e novamente foi superior ao jovem sueco de apenas 20 anos. Aproveitando a única chance de quebra que teve e salvando os três break-points que enfrentou, o paulista sacramentou a vitória de virada e assegurou seu lugar na decisão do torneio francês.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Suzana Silva
ProSpin