fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nicolas Almagro, Diego Schwartzman, Philipp Kohlschreiber, Milos Raonic, Richard GasquetCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nicolas Almagro, Diego Schwartzman, Philipp Kohlschreiber, Milos Raonic, Richard GasquetCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nicolas Almagro, Diego Schwartzman, Philipp Kohlschreiber, Milos Raonic, Richard Gasquettênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/almagro/0501_estoril_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/almagro/0501_estoril_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Almagro retorna ao top 50 Schwartzman da salto
02/05/2016 às 07h41
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/almagro/0501_estoril_vibra_int.jpg" title="Almagro já foi top 10 cinco anos atrás" />

Almagro já foi top 10 cinco anos atrás

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Miami (EUA) - Os campeões do fim de semana aproveitaram para subir bem no ranking desta segunda-feira. Ex-top 10, o espanhol Nicolás Almagro andava por baixa nos últimos tempos e ficou quatro anos se vencer, mas com a conquista no Estoril voltou ao top 50, ganhou 23 colocações e saltou para a 48ª posição.

Depois de ficar fora do top 100 no ano passado, por causa do afastamento devido a lesões, Almagro não tem demorado para recobrar o bom ranking. De outubro de 2014 até hoje, o espanhol de Murcia apareceu apenas duas vezes no too 50, sendo a outra apenas por uma semanana em fevereiro deste ano. 

Vencedor em Istambul, onde levantou sua primeira taça da carreira, o argentino Diego Schwartzman foi outro que se deu bem com a campanha de sucesso. Ele saltou da 87ª para a 62ª colocação no ranking, uma subida de 25 lugares. Seu melhor ranking da carreira não é o atual, uma vez que já foi o 57º do mundo um ano atrás.

Já o campeão em Munique, o alemão Philipp Kohlschreiber, teve uma ascensão mais comedida e ganhou duas colocações no ranking. Ele assumiu o 25º posto na lista da ATP, mas ainda está um pouco distante do ápice, o 16º lugar alcançado em julho de 2012. 

O top 10 permaneceu praticamente inalterado e apenas uma mudança aconteceu em toda esta faixa de ranking. O francês Richard Gasquet perdeu duas colocações, foi para o 12º posto, e deu lugar ao canadense Milos Raonic, que retornou aos 10 melhores. Quem também se beneficiou com a queda do francês foi o croata Marin Cilic, que subiu um lugar e agora é o 11º do mundo.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Plakr