fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro, Dustin Brown , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro, Dustin Brown , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro, Dustin Brown , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/del_potro/0425_munique_treina_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/del_potro/0425_munique_treina_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Del Potro retorna ao saibro depois de três anos
25/04/2016 às 18h50
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/del_potro/0425_munique_treina_int.jpg" title="Del Potro estreia em Munique às 12h desta terça-feira" />

Del Potro estreia em Munique às 12h desta terça-feira

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Munique (Alemanha) - Sem poder participar da temporada de saibro das últimas duas temporadas, Juan Martin Del Potro volta ao piso depois de três anos. O retorno do argentino às quadras de terra batida será nesta terça-feira, pela rodada de estreia do ATP 250 de Munique. Ex-número 4 e hoje 337º colocado, Delpo desafia o 106º colocado alemão Dustin Brown ao meio dia (de Brasília).

"Esta será minha primeira semana jogando um torneio no saibro depois de três anos e isso é importante para mim", disse Del Potro, nesta segunda-feira "Espero uma boa partida amanhã e vou continuar trabalhando chegar ao meu melhor nível o mais rápido possível".

O último torneio que Del Potro disputou no saibro foi a edição 2013 do Masters 1000 de Roma, já que ele não foi a Roland Garros naquele ano por conta de vírus respiratório. O histórico do argentino no saibro é de 62 vitórias e 24 derrotas em nível ATP, com quatro títulos.

Recuperado da terceira cirurgia no punho esquerdo, Del Potro acredita em evolução gradual. "Meu punho está ok e melhor a cada semana. Preciso de tempo, mas estou confiante e permanecer positivo"

O argentino de 27 anos tem recorrido a muitos slices nas vezes em que seu lado esquerdo exigido. "Estou ficando mais velho, mas o meu tênis continua aqui. Meu forehand continua andando rápido, meu saque está funcionando bem. Preciso trabalhar no meu backhand, no físico e na movimentação. Tem uma nova geração chegando como Kyrgios e Zverev e espero estar junto do nível dele em breve".

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Loja genérico