Notícias | Dia a dia
Tio Toni rebate acusações de doping de Nadal
10/03/2016 às 15h34

Toni disse que vai processar ex-ministra por declaração

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Indian Wells (EUA) - O anúncio da russa Maria Sharapova, que revelou ter sido pega no antidoping durante o último Australian Open, mexeu bastante com o mundo do tênis e fez velhos fantasmas voltarem a assolar o circuito. Um deles são as ostensivas acusações francesas para cima do espanhol Rafael Nadal, sempre colocado sob suspeita naquele país.

A última delas veio de Roselyne Bachelot, ex-ministra de Saúde e Esporte, que acusou o canhoto de Mallorca de ter se dopado em 2012. "Sabemos que a famosa lesão de sete meses de Nadal é sem dúvida relacionada a um teste positivo", declarou a francesa ao Le Grand 8, programa de televisão do canal D8.

Não demorou muito para que as declarações da ex-ministra cruzassem o Atlântico e fossem parar nos ouvidos de Toni Nadal, tio e treinador de Rafa, que imediatamente saiu em defesa do sobrinho. Em entrevista ao programa de TV espanhol Versió RAC1, ele não só disparou contra a acusadora, mas também foi mais longe que isso.

"Esta senhora é uma imbecil e tomaremos medidas legais contra ela", declarou o técnico de Nadal, que não passa por questionamento assim pela primeira vez. O francês Yannick Noah, um programa humorístico do Canal+ e o belga Christoph Rochus já acusaram o espanhol de ter consumindo substâncias ilegais para melhorar o seu desempenho esportivo.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva