fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Pablo Cuevas, Rafael Nadal, Guido Pella Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Pablo Cuevas, Rafael Nadal, Guido Pella Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Pablo Cuevas, Rafael Nadal, Guido Pella tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/estrangeiros_outros/cuevas_fore_rio_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/estrangeiros_outros/cuevas_fore_rio_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Cuevas bate Nadal em incrivel maratona de 3h28
21/02/2016 às 00h27
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/estrangeiros_outros/cuevas_fore_rio_int.jpg" title="Cuevas tentará seu quarto e maior título de ATP" />

Cuevas tentará seu quarto e maior título de ATP

Foto: Luiz Pires
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) - O Rio Open verá uma inesperada final sul-americana às 18h30 deste domingo. O uruguaio Pablo Cuevas mostrou excepcional resistência física e mental para suportar uma partida de 3h28 contra o espanhol Rafael Nadal, marcando vitória histórica por 2 sets a 1 e parciais de 6/7 (6-8), 7/6 (7-3) e 6/4.

Seu adversário será outro canhoto, o argentino Guido Pella, a surpresa da semana. Ele chegou a salvar três match-points em sua partida de estreia diante de John Isner e causou espanto ao eliminar com facilidade neste sábado o austríaco e campeão de Buenos Aires Dominic Thiem. Será o terceiro duelo entre eles, com uma vitória para cada lado, porém em nível challenger.

Nadal sai do saibro sul-americano com duas semifinais e mais frustrações. Ele tentava ao menos anotar a 100ª final de sua carreira. Ele parou nos 67 troféus em julho, quando foi campeão no saibro de Hamburgo. Desde lá, perdeu três finais consecutivas em piso sintético.

O primeiro set diante de Cuevas, a quem havia vencido em dois duelos anteriores, um deles no Rio há um ano, foi de intenso altos e baixos dos dois jogadores. Rafa começou melhor, fez 3/1 e repentinamente passou a cometer erro atrás de erro, cedendo o empate. O jogo seguiu até o tiebreak com muitas trocas de bola e poucos pontos empolgantes, quando novamente os dois alternaram chances. Cuevas fez 3-2 tirando dois saques do adversário, Nadal reagiu e chegou a ter o primeiro set-point, que desperdiçou com dupla falta. Por fim, foi muito bem e fechou.

Cuevas reagiu bem e, ajudado pelo baixo índice de primeiro saque do espanhol, abriu o que pareciam ser importantes 4/1 no segundo set. Mas na hora de fechar, com 5/3, não foi eficiente. Rafa se recuperou, ainda salvou dois set-points com bons saques e levou para novo tiebreak. Cuevas outra vez liderou no começo e por fim conseguiu manter a vantagem até com facilidade.

O terceiro set poderia ter sido tranquilo se Nadal tivesse aproveitado os dois break-points que teve. Ao contrário, acabou perdendo o saque no sétimo game. Os dois tenistas já mostravam desgaste com a umidade acima dos 80%, mas Rafa ainda lutou para evitar dois match-points. O uruguaio no entanto mostrou força mental na hora de fechar, cravando dois grandes saques no 30-30.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series