fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guido Pella, Daniel Gimeno-Traver, Rio Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guido Pella, Daniel Gimeno-Traver, Rio Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guido Pella, Daniel Gimeno-Traver, Rio Open tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/estrangeiros_outros/pella_rioopen_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/estrangeiros_outros/pella_rioopen_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Pella mantem embalo faz sua 1 semi de ATP 500
19/02/2016 às 21h37
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/estrangeiros_outros/pella_rioopen_back_int.jpg" title="Pella salvou três match-points na estreia contra Isner" />

Pella salvou três match-points na estreia contra Isner

Foto: Luiz Pires/Fotojump
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) - Algoz do norte-americano John Isner na primeira rodada, o argentino Guido Pella manteve o embalo no Rio Open. Nesta sexta-feira, ele abriu o dia na quadra central e despachou o espanhol Daniel Gimeno, vindo do quali, em uma virada de 2h33 e com parciais de 5/7, 6/1 e 7/5. O resultado o garantiu pela primeira vez na carreira em uma semifinal de um ATP 500.

Pella espera agora pelo vencedor da partida envolvendo o austríaco Dominic Thiem, cabeça de chave 5 e campeão do ATP de Buenos Aires, na semana passada, e o espanhol David Ferrer, segundo mais bem cotado ao título no torneio carioca e vencedor da edição passada. Independente de quem vier, o argentino terá um duelo inédito pela frente.

Para chegar tão longe em um torneio deste porte, Pella contou com o sangue frio na estreia, em que chegou a salvar três match-points no tiebreak final contra Isner. Na sequência ele deixou pelo caminho o colombiano Santiago Giraldo em sets diretos.

Graças a sua campanha no Rio Open, o argentino dará uma boa subida no ranking e cai atingir sua melhor marca da carreira. Atual 71 do mundo, ele nunca havia passado da 68ª colocação e deve ganhar por volta de 25 lugares na próxima semana, aparecendo perto da 46ª posição. Contudo, ele ainda depende de outros resultados para confirmar tal subida e pode melhorar ainda mais caso vá mais longe.

Além de comemorar a vitória e a vaga nas semifinais, Pella também pode sair das quadras do Jockey Club Brasileiro feliz por ter escapado da chuva. Ele foi o único jogador de simples que terminou sua partida antes do tempo ruim paralisar a rodada, no meio do embate entre o uruguaio Pablo Cuevas e o argentino Federico Delbonis, que define o adversário do espanhol Rafael Nadal na outra semi.

Nadal também não pode reclamar da sorte, já que não precisou sequer entrar em quadra. Ele contou com a desistência do ucraniano Alexandr Dolgopolov, que sentiu uma lesão no ombro direito no jogo de duplas, no dia anterior, tentou treinar antes do duelo com o canhoto de Mallorca, mas não suportou as dores e abdicou de jogar.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series