fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Alexandr Dolgopolov, Rafael Nadal, Rio Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Alexandr Dolgopolov, Rafael Nadal, Rio Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Alexandr Dolgopolov, Rafael Nadal, Rio Open tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/dolgopolov/0217_rio_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/dolgopolov/0217_rio_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Dolgopolov desiste e Nadal vai a semi sem jogar
19/02/2016 às 20h39
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/dolgopolov/0217_rio_fore_int.jpg" title="Ucraniano citou lesão no ombro para desistir" />

Ucraniano citou lesão no ombro para desistir

Foto: Fotojump
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) O que poderia ser um problema para a organização do Rio Open, a partida de quartas de final do espanhol Rafael Nadal com o ucraniano Alexandr Dolgopolov acabou sequer acontecendo. Um problema no ombro forçou a desistência do atual 33 do mundo, deixando o canhoto de Mallorca com a vaga nas semifinais do torneio sem precisar sequer entrar em quadra.

Com a chuva desta sexta-feira e os jogos longos nas duas primeiras partidas da quadra central, a segunda delas ainda no meio, interrompida pelo tempo ruim, o jogo de Nadal estava bastante prejudicado em relação ao horário. Marcado para acontecer não antes das 19h, ele estava correndo o risco de acontecer muito tarde ou sequer ficar para o dia seguinte. 

Para sorte do espanhol, ele não precisou esperar mais e nem colocar sua raquete em ação. Nadal espra agora o vencedor da partida envolvendo o uruguaio Pablo Cuevas, algoz do cearense Thiago Monteiro, e o argentino Federico Delbonis. Eles se enfrentavam quando a chuva parou tudo e o uruguaio estava na dianteira, com parciais de 6/4 e 4/2. 

Nadal já enfrentou Delbonis em duas oportunidades e venceu ambas. Contra Cuevas o retrospecto é exatamente o mesmo, com dois triunfos do espanhol em dois embates. 

O ombro direito que tirou Dolgopolov de ação o impediu de tentar buscar sua terceira vitória seguida contra Nadal, tendo batido o canhoto de Mallorca, na grama do Queen's (2015) e no piso sintético do Masters 1000 de Indian Wells (2014). Os dois fizeram a final do Rio Open em 2014, quando o ucraniano teve match-point, mas quem acabou campeão foi o atual número 5 do mundo.

Dolgopolov disse que sentiu o problema no ombro no dia anterior, durante sua partida de duplas. Ele até tentou se recuperar para o embate contra Nadal e foi à quadra mais cedo, nesta sexta, para um treino leve, quando sentiu que a dor no local o impediria de jogar. O ucraniano então resolveu não entrar em quadra e pretende fará exames para verificar a gravidade da lesão.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series