fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Nicolas Almagro, Alexandr Dolgopolov, Rio Open, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Nicolas Almagro, Alexandr Dolgopolov, Rio Open, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Nicolas Almagro, Alexandr Dolgopolov, Rio Open, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/nadal/0218_rioopen_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/nadal/0218_rioopen_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Nadal amplia freguesia e vence Almagro outra vez
18/02/2016 às 20h36
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/nadal/0218_rioopen_vibra_int.jpg" title="Nadal tem 14 vitórias em 15 jogos com Almagro" />

Nadal tem 14 vitórias em 15 jogos com Almagro

Foto: Rio Open/Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) - O espanhol Rafael Nadal deu mais uma mostra de que não veio ao Rio Open para passeio. Depois de uma firme vitória na estreia, o cabeça de chave número 1 do torneio garantiu vaga nas quartas de final ao derrubar o compatriota Nicolas Almagro em sets diretos, com parciais de 6/3 e 7/5, depois de 1h40 de confronto. 

Nas quartas de final, Rafa terá pela frente o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que sofreu para bater o espanhol Iñigo Cervantes de virada, com o placar final de 3/6, 6/0 e 6/3. Será o oitavo encontro dos dois, com cinco triunfos de Nadal, um deles no Rio Open de 2014, e dois de Dolgopolov, que levou a melhor nos dois embates mais recentes.

Logo no primeiro game, Nadal enfrentou apuros e teve que salvar dois break-points para manter o serviço. Não demorou muito para que ele tivesse a chance de quebrar Almagro, algo que aconteceu no quarto game. O canhoto de Mallorca não aproveitou a primeira oportunidade, mas agarrou a segunda e se colocou em vantagem, que foi mantida até o final, mesmo com mais três breaks contra no 5/3 e saque.

Assim como na parcial anterior, a segunda foi marcada pelo equilíbrio. Os dois estavam firmes nos serviços e qualquer detalhe poderia definir a sorte do jogo. Ela acabou sorrindo para Nadal no sétimo game, em que Almagro viu a ponta do grip da raquete escapar no 15-15, e por causa disso jogou uma bola para fora. Nadal aproveitou a chance e em seguida conseguiu um break-point, que foi concretizado.

Só que quando tudo indicava que o número 5 do mundo iria rumar par aa vitória, surgiu a pronta devolução de quebra do rival, que deixou tudo igual no oitavo game. Na sequência, Almagro jogou três esquerdas para fora e perdeu o saque mais uma vez. Nadal foi então sacar para o jogo e falhou, permitindo nova quebra para o compatriota.

Nadal fez uma firme apresentação no 11º game do segundo set, entre elas uma linda jogada, lembrando os melhores tempos, indo buscar uma bola forte e bem angulada para devolver um winner na paralela e conseguir o break-point. Um forehand para fora de Almagro no ponto seguinte, que foi contestado pelo tenista de Murcia, concretizou nova quebra.

O canhoto de Mallorca foi então sacar para o jogo pela segunda vez e enfim conseguiu fechar a partida, selando sua 14ª vitória sobre Almagro, que só se deu bem uma vez, no ATP 500 de Barcelona, em 2012, perdendo pela quarta vez desde então.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series