fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Paula Goncalves Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Paula Goncalves Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Paula Goncalves tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/brasileiras_outras/paula_rioopen_comemora_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/brasileiras_outras/paula_rioopen_comemora_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Paula elimina favorita e sera a número 2 do Brasil
18/02/2016 às 16h56
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/brasileiras_outras/paula_rioopen_comemora_int.jpg" title="Paula vai ultrapassar Gabi Cé e Bia Haddad no ranking" />

Paula vai ultrapassar Gabi Cé e Bia Haddad no ranking

Foto: Rio Open/Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) - A boa campanha da paulista Paula Gonçalves no Rio Open ganhou um segundo capítulo nesta quinta-feira. Depois de superar a israelense Julia Glushko na estreia, a campineira manteve o embalo e desta vez deixou pelo caminho a segunda favorita no torneio, a sueca Johanna Larsson, triunfando em sets diretos com duplo 6/4, em 1h37 de partida.

Vinda do qualificatório, somando já quatro vitórias nas quadras do Jockey Club Brasileiro, a paulista terá pela frente, nas quartas de final, a norte-americana Shelby Rogers atual 131 do mundo, que levou a melhor no único duelo entre as duas, no quali de um ITF de US$ 25 mil três anos atrás.

Paula vai dar uma boa arrancada no ranking com sua campanha no saibro carioca. A campineira treinada por Carlos Kirmayr irá se aproximar do top 200, e se tornará a segunda melhor brasileira na WTA, atrás apenas da pernambucana Teliana Pereira. Atual 285 do mundo, ela vai mais de 60 posições e alcançará sua melhor colocação da carreira.

Apesar de ter saído com a vitória, Paulinha não teve moleza e saiu perdendo no primeiro set. Ela foi quebrada no terceiro game e chegou a estar com 1/3. Depois que Larsson fez 4/2 ela parou de pontuar e a paulista venceu quatro games seguidos, com direito a duas quebras, para levar a parcial e largar na frente.

O segundo set começou com uma quebra para cada lado e uma série de confirmações de serviço até a reta final. Paula foi a primeira a concretizar um break a seu favor e sacou em 5/3, mas desperdiçou a chance e só conseguiu arrancar o triunfo da sueca com uma nova quebra, vinda com uma bola que tocou na fita e caiu no lado de Larsson.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series