fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Diego Schwartzman, Rio Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Diego Schwartzman, Rio Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Diego Schwartzman, Rio Open tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/feijao/0216_rioopen_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/feijao/0216_rioopen_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Feijão amarga nova derrota e despenca no ranking
16/02/2016 às 14h50
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/feijao/0216_rioopen_fore_int.jpg" title="Feijão vai cair pelo menos 42 posições no ranking" />

Feijão vai cair pelo menos 42 posições no ranking

Foto: Rio Open/Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) - A fase não anda boa para o paulista João "Feijão" Souza, que ainda busca reencontrar seu melhor tênis. Convidado da organização, ele não conseguiu passar da estreia no Rio Open e foi superado pelo argentino Diego Schwartzman em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2, em 1h13 de confronto.

Quadrifinalista no ano passado, Feijão terá uma dura queda no ranking com esta derrota prematura. Atual 134 do mundo, ele vai despencar pelo menos 42 colocações na lista da ATP e ainda pode perder mais terreno dependendo de outros resultados em torneios desta semana.

Este foi o primeiro duelo dos dois válidos pela ATP, mas antes foram três partidas em challengers, todas com vitórias do argentino, que agora soma oitos sets vencidos contra Feijão e apenas um perdido, na fase de grupos do Challenger Finals de 2014, vencido justamente por Schwartzman, com vitória a final sobre o gaúcho Guilherme Clezar.

Desde o começo de jogo Feijão mostrou que seria um dia difícil para ele. O destro de Mogi das Cruzes chegou a abrir 3/1 com quebra de vantagem, mas depois disso estacionou no placar. Schwartzman arrancou para a virada e a vitória na parcial faturando cinco games seguidos, com direito a duas quebras para cima do brasileiro.

A história do segundo set foi ainda mais dura para Feijão, que teve trabalho para confirmar o serviço no primeiro game e acabou perdendo o saque no teceiro e no quinto. Schwartzman ainda teve novo break-point no sétimo, mas não aproveitou e só conseguiu selar sua vitória quando retornou aos serviços.

Na segunda rodada, o pequenino argentino de 1,7 m vai medir forças com o vencedor da partida envolvendo o espanhol Pablo Andújar e o austríaco Dominic Thiem, cabeça de chave número 5, que vem embalado pela conquista do título no ATP 250 de Buenos Aires, sua quarta taça da carreira.

Feijão não teve não bom dia com o saque, colocando apenas 46% das primeiras bolas em quadra. Por causa disso, seu aproveitamento de serviço ficou apenas na metade e ele acabou cedendo oito break-points, dos quais quatro foram aproveitados pelo rival argentino. Por sua vez, Schwartzman venceu 74% dos pontos de saque e foi quebrado só uma vez.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series