fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Beatriz Haddad maia, Gabriela Ce, Rio Open, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Beatriz Haddad maia, Gabriela Ce, Rio Open, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Beatriz Haddad maia, Gabriela Ce, Rio Open, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/teliana/0203_fedcup_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/teliana/0203_fedcup_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Teliana tem chave dura e estreia contra Martic
13/02/2016 às 18h28
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/teliana/0203_fedcup_vibra_int.jpg" title="Teliana será a cabeça 1 de um WTA pela primeira vez" />

Teliana será a cabeça 1 de um WTA pela primeira vez

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) - A pernambucana Teliana Pereira não deu muita sorte no chaveamento para o Rio Open e pegou um caminho ingrato no torneio. Para começar, a número 1 do Brasil terá pela frente a croata Petra Martic, atual 163 do mundo, mas que já foi a 42ª no ranking da WTA. Será a primeira vez que as duas irão medir forças pelo circuito.

Quem passar por este duelo enfrentará a vencedora do confronto envolvendo a espanhola Maria Teresa Torro e a neozelandesa Marina Erakovic. A adversária mais provável nas quartas será a espanhola e cabeça 6 Lara Arruabarrena.

Já a canhota Bia Haddad Maia, que fez boa campanha no ano passado, terá pela frente a romena Sorana Cirstea, ex-número 21 do ranking mas que também passou por cirurgia no ombro e procura recuperar-se na carreira. Se vencer, Bia cruza com a eslovena Polona Hercog. cabeça 5.

"Joguei com ela duas semanas atrás, voltava de lesão, foi duro, terceiro set. Ela esteve no topo quase top 20, é uma menina que se apoia bem nas bolas e se defende bem. Jogamos na quadra rapida e no saibro será diferente. Bom jogo, boa experiência, estou feliz", declarou a paulista.

A gaúcha Gabriela Cé, canhota que fez campanha inesperada no Rio Open de 2015, estreará diante da romena Ana Bogdan. Caso chegue nas oitavas, jogará contra Arruabarrena ou a sueca Rebecca Peterson.

A cabeça 2 do WTA carioca será a sueca Johanna Larsson, que estreia diante da veterana espanhola Lourdes Dominguez.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series