fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Renzo Olivo, Pablo Cuevas, Santiago Giraldo, Rafael NadalCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Renzo Olivo, Pablo Cuevas, Santiago Giraldo, Rafael NadalCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Renzo Olivo, Pablo Cuevas, Santiago Giraldo, Rafael Nadaltênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/ferrer/0211_buenosaires_rede_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/ferrer/0211_buenosaires_rede_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Tricampeao Ferrer estreia bem na Argentina
11/02/2016 às 18h30
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/ferrer/0211_buenosaires_rede_int.jpg" title="Ferrer tem 16 vitórias seguidas na capital argentina" />

Ferrer tem 16 vitórias seguidas na capital argentina

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Buenos Aires (Argentina) - Tricampeão do ATP 250 de Buenos Aires, David Ferrer se mostrou perfeitamente adaptado às condições na capital argentina. Em jogo de 1h12, o espanhol despachou o anfitrião Renzo Olivo, 151º do mundo, com duplo 6/2 para garantir vaga nas quartas de final do torneio no saibro.

Número 6 do mundo, Ferrer enfrenta na próxima fase o uruguaio Pablo Cuevas, que abriu a rodada desta quinta-feira vencendo duelo sul-americano com o colombiano Santiago Giraldo por 6/4 e 6/2. O espanhol venceu os dois duelos anteriores (ambos em 2010) contra o 35º colocado uruguaio, que tem 250 pontos para defender na semana.

Esta foi a 16ª vitória seguida de Ferrer em Buenos Aires, já que ele foi campeão em 2012, 2013 e 2014 e não participou do torneio no ano passado. O espanhol de 33 anos, detém um histórico de 22 vitórias e apenas quatro derrotas na capital argentina e também foi vice-campeão no ano de 2010.

Além de comandar as ações do fundo de quadra, Ferrer foi efetivo no saque. O espanhol cedeu só três pontos quando trabalhou com primeiro saque e enfrentou apenas um break point, ainda no primeiro set. Em cada uma das parciais, o número 6 do mundo criou três oportunidades de quebra e concretizou duas dessas chances.

Um fator chave para as quatro quebras obtidas foi pressionar o segundo saque de Olivo, que fez apenas nove dos 27 pontos disputados nessas condições, aproveitamento de apenas 37%. O argentino de 23 anos sequer conseguiu vencer a maioria dos pontos em seu serviço, obtendo 26 de 53 possíveis.

A rodada desta quinta-feira continua às 19h45 (de Brasília) com duelo entre argentino Diego Schwartzman e o italiano Paolo Lorenzi. Mais tarde, às 22h será a vez da estreia do principal nome do torneio, Rafael Nadal. Atual campeão, o Touro Miúra reedita a final do ano passado contra um de seus grandes amigos no circuito, Juan Mónaco.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
1xBet