fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Mathias Borgue, Giovanni Lapentti, Santo Domingo, challengerCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Mathias Borgue, Giovanni Lapentti, Santo Domingo, challengerCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Mathias Borgue, Giovanni Lapentti, Santo Domingo, challengertênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/feijao/0209_santodomingo_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/feijao/0209_santodomingo_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Feijão comemora vitória e quer ganhar mais ritmo
10/02/2016 às 10h42
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/feijao/0209_santodomingo_vibra_int.jpg" title="Feijão é o cabeça de chave 8 no challenger dominicano" />

Feijão é o cabeça de chave 8 no challenger dominicano

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Santo Domingo (República Dominicana) - O paulista João "Feijão" Souza, o Feijão começou bem e avançou às oitavas de final do torneio challenger de Santo Domingo. Ele superou o equatoriano Giovanni Lapentti, 221º, por 6/4, 5/7 e 6/4, após pouco menos de duas horas e vai encarar o francês Mathias Borgue, que bateu o local Jose Olivares.

"Não jogaria aqui, optei por vir pra seguir a boa série do ATP de Quito onde consegui boas vitórias e por pouco não derrotei o Lopez. Quero agarrar mais ritmo de jogo para chegar firme no Rio Open", disse Feijão que na semana passada passou o quali e fez oitavas de final no Equador ficando a poucos pontos de bater o espanhol Feliciano Lopez.

Cabeça de chave 8 no evento jogado sobre o saibro verde, com premiação de US$ 75 mil mais hospedagem, o pupilo de Ricardo Acioly terá pela frente um adversário que nunca enfrentou no circuito. O francês Bourgue é apenas o atual 199 do mundo e teve como melhor ranking a 178ª colocação, alcançada em 2015.

Feijão não era o único brasileiro na chave do challenger dominicano, tendo a companhia de André Ghem. Contudo, o gaúcho não passou da primeira rodada em simples, caindo diante do francês Maxime Chazal, e também nas duplas, em que ele e o argentino Nicolas Kicker foram superados pelo colombiano Alejandro Gonzalez e pelo venezuelano Luis David Martinez.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin