fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Maria Esther Bueno, Gustavo Kuerten tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0121_ausopen_smash_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0121_ausopen_smash_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Australian Open
Bruno repete Maria Esther e aumenta seu historico
31/01/2016 às 10h13
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2016/bruno_soares/0121_ausopen_smash_int.jpg" title="Bruno tem quatro títulos em seis finais de Slam" />

Bruno tem quatro títulos em seis finais de Slam

Foto: Arquivo
José Nilton Dalcim
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Bruno Soares já era o único brasileiro a ter múltiplos títulos de Grand Slam além de Gustavo Kuerten e Maria Esther Bueno, mas sua campanha neste Australian Open o colocou em outro patamar exclusivo: o de erguer dois troféus num mesmo torneio.

Maria Esther fez dobradinha duas vezes em sua espetacular carreira, e obviamente com peso bem maior. Ganhou simples e duplas em Wimbledon de 1960 e repetiu o feito no US Open de 1966.

Ela ainda tem marcas extraordinárias em múltiplas finais. Fez três tanto em Wimbledon como no US Open em seu mágico ano de 1960, além de ter chegado a duas decisões no mesmo Slam em outras sete oportunidades (Wimbledon de 1959, 1965, 1966 e 1967 e US Open de 1959, 1965 e 1966).

Soares levou o tênis brasileiro às finais de número 62 e 63 em sua história e deu os troféus 30 e 31, mantendo o aproveitamento nacional em decisões desse nível pouco abaixo dos 50%. O seu índice pessoal é bem positivo, já que ganhou quatro das seis decisões disputadas (1-1 em duplas masculinas e 3-1 em mistas).

Apesar do sucesso em 2016, o Australian Open ainda é o Slam de menor produtividade do Brasil, que só levantou quatro troféus e nenhum deles em simples principal (dupla de Maria Esther em 1960 e juvenil de Tiago Fernandes em 2010 foram os outros).

O sucesso é muito maior em Roland Garros (oito, sendo três de simples), Wimnbledon (''nove, mais três de simples) e EUA (dez, com quatro de simples).

Saiba mais

• Veja todas as finais brasileiras em nível Grand Slam

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series