fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bob Bryan, Mike Bryan, Simone Bolelli, Fabio Fognini, ATP FinalsCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bob Bryan, Mike Bryan, Simone Bolelli, Fabio Fognini, ATP FinalsCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bob Bryan, Mike Bryan, Simone Bolelli, Fabio Fognini, ATP Finalstênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/duplas/bryan_finals_mike_voleia_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/duplas/bryan_finals_mike_voleia_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | ATP Finals
Bryan não dão chance e eliminam Bolelli/Fognini
17/11/2015 às 17h13
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/duplas/bryan_finals_mike_voleia_int.jpg" title="Americanos se recuperaram de derrota na estreia" />

Americanos se recuperaram de derrota na estreia

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - A dupla número 1 do mundo evoluiu depois de uma estreia apagada e não correu riscos nesta terça-feira, na segunda rodada do ATP Finals. Os irmãos Bob e Mike Bryan não enfrentaram breaks points contra os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini, marcaram 6/3 e 6/2, e jogam na quinta-feira por uma vaga na semifinal.

Os resultados das duas primeiras rodadas do grupo Arthur Ashe/Stan Smith dispensam cálculos. O indiano Rohan Bopanna e o romeno Florin Mergea estão garantidos na primeira posição. Bolelli e Fognini, eliminados, cumprem tabela na quinta-feira. O duelo entre os Bryan e o britânico Jamie Murray e o australiano John Peers vale a segunda vaga.

A última partida também será importante para o ranking de parcerias. Bob e Mike tentam terminar a temporada na liderança pela 11ª vez em 13 anos. Murray/Peers, 4º, precisa do título para ainda ter chances.

Os dois sets na O2 Arena foram muito parecidos, com os americanos sempre à frente. Um único ponto decisivo na primeira parcial, logo no segundo game, foi o suficiente para quebrar o saque de Bolelli. Os Bryan perderam apenas dois pontos com o serviço no set.

O roteiro foi repetido na segunda parcial, quando Bolelli perdeu o saque e os gêmeos fizeram 3/0. Somente depois disso os italianos tentaram algumas mudanças, jogando mais na rede, mas raramente levaram vantagem.

Uma segunda quebra deixou a situação mais fácil para os atuais campeões. Eles garantiram a vitória em 55 minutos e seguem vivos em busca da defesa do título e do penta no Finals. Em quatro confrontos, os italianos nunca derrotaram os Bryan.

Últimas notícias
Comentários