fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Orlando Luz, Diego Schwartzman, Andre Ghem, Andrej Martin, ChallengerCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Orlando Luz, Diego Schwartzman, Andre Ghem, Andrej Martin, ChallengerCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Orlando Luz, Diego Schwartzman, Andre Ghem, Andrej Martin, Challengertênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/orlandinho/1115_montevideu_foreterm_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/orlandinho/1115_montevideu_foreterm_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Orlandinho cai em três sets para top 100 argentino
17/11/2015 às 16h49
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/orlandinho/1115_montevideu_foreterm_int.jpg" title="Orlandinho esteve a um game da vitória nesta terça" />

Orlandinho esteve a um game da vitória nesta terça

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Montevidéu (Uruguai) - O gaúcho Orlando Luz esteve perto de conseguir sua primeira vitória contra um top 100, mas cedeu a virada ao 73º colocado argentino Diego Schwartzman, cabeça 2 do challenger de Montevidéu, torneio de US$ 50 mil no saibro. Orlandinho chegou a liderar por 6/4 e 5/3, mas o rival virou para 4/6, 7/6 (7-1) e 6/1 em 2h03 de jogo, que ainda teve duas interrupções por chuva.

Após eliminar Orlandinho, Schwartzman enfrenta o vencedor do jogo entre o espanhol Pere Riba, 246º do ranking, e o 163º colocado chileno Hans Podlipnik-Castillo.

Orlandinho aparece nesta semana com o melhor ranking da carreira, ocupando o 458º lugar. O ex-número 1 juvenil saltou 34 posições por conta do vice-campeonato no future de Santa Maria há dez dias. Vindo do qualificatório, ele somou três pontos que substitui outros três que cairiam no início da próxima semana. Este ano, ele venceu cinco jogos em chaves principais de nível challenger e outros 15 em torneios future e tem 29 vitórias como profissional na carreira.

Se a quadra de saibro e a baixa altitude da capital uruguaia já deixava as condições de jogo bastante lentas, as chuvas intermitentes contribuíram ainda mais para um jogo de longos ralis. Houve duas quebras nos primeiros games e o jogo foi paralisado por meia hora depois de apenas três games.  Na volta, Orlandinho conseguiu sua segunda quebra quando o set estava empatado por 4/4 após uma dupla-falta de Schwartzman. Fugindo dos ralis com duas bolas curtas, o gaúcho confirmou o último game da primeira parcial.

No início do segundo set, Orlandinho largou com uma quebra de vantagem, mas o jogo foi novamente interrompido por mau tempo durante aproximadamente 1h20. O gaúcho liderou por 2/0, Schwartzman buscou o empate por 2/2, mas o ex-número 1 juvenil retomou a quebra de vantagem logo depois. Ele chegou a liderar por 5/3 e sacar para o jogo no game seguinte, quando cometeu três erros e permitiu a reação do rival. Já no tiebreak, Schwartzman abriu 5-0, com um winner de devolução e um lobe, sem perder pontos no saque e fechou o set.

As últimas chances para Orlandinho no jogo vieram no início do terceiro set, quando confirmou o primeiro game de serviço e teve uma chance de quebra no game seguinte. Depois que Schwartzman fechou a porta e ainda quebrou logo depois, o argentino passou  a dominar. O gaúcho fez apenas seis pontos no saque do adversário no último set e sofreria mais duas quebras diante do segundo favorito do torneio.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
HandDry