fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Venus Williams, Serena Williams, Karolina Pliskova, Roberta Vinci, Elina SvitolinaCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Venus Williams, Serena Williams, Karolina Pliskova, Roberta Vinci, Elina SvitolinaCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Venus Williams, Serena Williams, Karolina Pliskova, Roberta Vinci, Elina Svitolinatênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/venus/1002_wuhan_aproxima_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/venus/1002_wuhan_aproxima_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Venus pode garantir volta ao top 10 neste sábado
06/11/2015 às 15h09
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/venus/1002_wuhan_aproxima_int.jpg" title="Venus não aparece entre as 10 desde março de 2011" />

Venus não aparece entre as 10 desde março de 2011

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Zhuhai (China) - A longa espera pela volta de Venus Williams ao top 10 do ranking mundial pode ser encerrada neste sábado. A ex-líder e hoje 11ª colocada está longe do grupo das melhores há quatro anos e meio. Semifinalista do WTA Elite Trophy, Venus assegura a volta em caso de título, mas uma combinação de resultados nas duas partidas da penúltima rodada pode antecipar o retorno.

Venus enfrenta Roberta Vinci às 6h30 (de Brasília) deste sábado na cidade chinesa de Zhuhai. Mesmo que perca a partida, bastaria torcer para que Karolina Pliskova não seja campeã do último torneio do ano. A tcheca de 23 anos e 13ª do ranking enfrenta a ucraniana Elina Svitolina, 20ª, na segunda partida do dia às 9h. A final acontece no domingo.

A última vez em que Venus terminou o ano no top 10 foi o de 2010, já o ranking mais recente com o nome dela entre as dez melhores foi o de 21 de março de 2011. Como a americana havia finalista de Miami no ano anterior e não disputou a edição seguinte do torneio por lesão no quadril, ela caiu para o 15º lugar na atualização de 4 de abril daquele ano.

O ano de 2011, aliás, foi o mais difícil da carreira de Venus Williams. A já citada lesão no quadril a fez abandonar um jogo de 3ª rodada do Australian Open, contra Andrea Petkovic, depois de apenas um game e sair de quadra vaiada e só voltaria à quadra durante a temporada de grama, em junho.

Já no verão americano, ela desistiu de competições por problemas de saúde. Semanas depois, durante o US Open, a jogadora foi diagnosticada com Síndrome de Sjögren, e nem entrou em quadra para a segunda rodada que faria contra Sabine Lisicki e encerrou o ano fora até do top 100.

Venus iniciou uma forte reação em 2012, temporada que só conseguiu iniciar em março e terminou com título na última semana do ano, em Luxemburgo e o 24º lugar do ranking. Também em 2012, ela ganhou seu último Slam de duplas, e foi campeã olímpica também nas duplas. Desde seu retorno às quadras, ela já ganhou quatro torneios e teve suas melhores campanhas em Slam este ano, com as quartas de final no Australian Open e no US Open.

Aos 35 anos e com 21 deles dedicados à carreira profissional, Venus conquistou 7 títulos de simples em Grand Slam em um total de 47 conquistas pelo circuito da WTA. Também venceu 13 Slam e três ouros olímpicos em duplas com a irmã mais nova, Serena. A mais velha das irmãs Williams ainda liderou os rankings de simples, por 11 semanas, e de duplas, por 8 semanas.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG
ProSpin