fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Lukasz Kubot, Leander Paes, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Lukasz Kubot, Leander Paes, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Lukasz Kubot, Leander Paes, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/andre_sa/1029_valencia_term_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/andre_sa/1029_valencia_term_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Em Valência, Sá joga 6ª semifinal da temporada
29/10/2015 às 16h18
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/andre_sa/1029_valencia_term_int.jpg" title="Este é o segundo melhor ano de Sá em nº de vitórias" />

Este é o segundo melhor ano de Sá em nº de vitórias

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Valência (Espanha) - Aos 38 anos, André Sá vive uma de suas melhores temporadas no circuito de duplas. Nesta quinta-feira, o mineiro garantiu lugar na sexta semifinal no ano, nas quadras duras e cobertas do ATP 250 de Valência. Sá e o australiano Chris Guccione conseguiram uma vitória importante contra os cabeças 2 Lukas Kubot e Leander Paes por 7/6 (8-6) e 6/4 em 1h34 de partida.

Na penúltima rodada, Sá e Guccione enfrentam os norte-americanos Eric Butorac e Scott Lipsky. Do outro lado da chave, já estão na semifinal os austríacos Julian Knowle e Oliver Marach que esperam pelo confronto entre Feliciano López/Max Mirnyi contra Guillermo García-López/David Marrero.

"Jogamos bem desde o começo, foi uma partida dura. O Chris está sacando muito bem e eu devolvendo muito bem, aproveitamos as chances e jogamos bem nos momentos chave", disse Sá, que já traça a estratégia para a semifinal contra Butorac e Lipsky. "Precisamos devolver bem já que eles sacam firme e têm boa variação", completa o mineiro.

Sá já disputou cinco semifinais de torneios ATP na temporada, conquistando os títulos de Buenos Aires, Umag e Nottingham. O experiente mineiro ainda foi finalista na cidade chinesa de Shenzhen e foi à penúltima rodada no saibro de Istambul. Sá ainda tem um título de challenger, ao lado do próprio Guccione, na grama de Manchester.

Atual 41º do mundo, o mineiro já acumula 28 vitórias em ATP e 19 derrotas na temporada, o que já são mais que as 10 do ano passado e as 16 de 2013 somadas. Este é o segundo ano em que Sá mais venceu jogos de duplas no circuito, apenas superado por 2008, quando conseguiu 36 vitórias, conquistou três torneios com Marcelo Melo e terminou no 20º lugar, alcançando a 17ª posição três meses mais tarde.

O jogo - O primeiro set seguiu inteiramente sem quebras até o tiebreak, sendo que Sá e Guccione chegaram a ter um set point no décimo game. No desempate, Kubot e Paes saíram na frente e chegaram a ter quatro set points, antes de que o mineiro e o australiano revertessem o quadro. Já no segundo set, Sá e Guccione largaram com 2/0 e cederam o empate por 2/2 no quarto game, mas recuperaram a quebra de vantagem no final da partida.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Suzana Silva
ProSpin