fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Lukas Rosol, Grigor Dimitrov, Sergiy Stakhovsky, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Lukas Rosol, Grigor Dimitrov, Sergiy Stakhovsky, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Lukas Rosol, Grigor Dimitrov, Sergiy Stakhovsky, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/1026_basileia_saque_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/1026_basileia_saque_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Nadal escapa da derrota e avança na Basileia
26/10/2015 às 18h19
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/1026_basileia_saque_int.jpg" title="Espanhol espera 'fregueses' Dimitrov ou Stakhovsky" />

Espanhol espera 'fregueses' Dimitrov ou Stakhovsky

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Basileia (Suíça) - Nem mesmo o fato de vir de duas boas campanhas e satisfeito com seu nível de atuação fez Rafael Nadal abandonar os altos e baixos vividos na temporada. Nesta segunda-feira, o ex-líder e hoje sétimo do ranking esteve a dois pontos da derrota, mas virou o jogo contra o tcheco Lukas Rosol, 69º do mundo, por 1/6, 7/5 e 7/6 (7-4) em 2h16, para estrear com vitória no ATP 500 da Basileia, em quadras duras e cobertas.

Nadal acumula 53 vitórias e 17 derrotas na temporada, não tem mais pontos a defender em 2015 e já está classificado para o ATP Finals de Londres. Após marcar sua terceira vitória em quatro jogos contra Rosol, que foi seu algoz na segunda rodada de Wimbledon em 2012, Nadal enfrenta nas oitavas o vencedor do jogo entre o ucraniano Sergiy Stakhovsky e o búlgaro Grigor Dimitrov. O espanhol jamais perdeu para nenhum dos dois concorrentes, liderando o histórico contra Dimitrov por 6 a 0 e tendo 7 a 0 diante de Stakhovsky.

Como havia feito nas quadras chinesas de Pequim e Xangai, Nadal tentou iniciar a partida jogando um pouco mais próximo da linha de base, mas a desvantagem no placar e a dificuldade de pontuar no saque do adversário logo o fizeram se posicionar com maior recuo em relação ao fundo de quadra. O espanhol terminou a partida com 23 bolas vencedoras e cometeu 27 erros não-forçados, enquanto Rosol fez 39 winners, mas 46 erros.

O tcheco de 30 anos perdeu apenas nove pontos durante o primeiro set e somente um em seu saque, ainda assim, em dupla-falta. Contando com oito erros do espanhol e um baixo acerto de primeiro saque, de apenas 44%, Rosol criou quatro chances de quebra em dois games difrentes e quebrou em ambas as oportunidades.

A situação ficou ainda pior para Nadal no começo do segundo set, quando o espanhol enfrentava um break point e parou o ponto para desafiar a marcação do árbitro. Ao errar o desafio, o Touro Miúra foi quebrado pela terceira vez seguida no jogo. Pouco a pouco, o espanhol elevou seu aproveitamento no saque e passou a confirmar com mais tranquilidade, mas não criava chances de devolver a quebra.

Tudo mudou a partir do momento em que Rosol sacou para o jogo, liderando o segundo set por 5/4 e ficou a dois pontos da vitória. Nadal explorou duas subidas à rede muito ruins do adversário para chegar a seu primeiro break point no jogo. Mesmo dominando o ponto, o espanhol ainda não obteve a quebra por ter sido conservador em um smash e permitido o contra-ataque, mas nada que abalasse a confiança do canhoto que buscou o empate para 5/5 dois pontos mais tarde. Em alta, Nadal voltaria a quebrar o saque de Rosol no 12º game, contando com uma dupla-falta do adversário no break point.

O domínio de Rafael Nadal continuou no começo do terceiro set, com lideranças por 3/0 -quando chegou a vencer sete games seguidos na partida- e depois por 4/1. Rosol reclamou com o árbtiro sobre o tempo que o espanhol demora para sacar e passou a se mexer durante o toss do adversário, o que gerou reclamação também do outro lado. Nadal sofreu uma quebra e o set ficou empatado por 4/4, equilíbrio que permaneceu até o tiebreak.

Nadal iniciou o game desempate cometendo erro não-forçado com forehand e permitindo que Rosol abrisse 3-0 de vantagem, após vencer dois pontos seguidos em segundo saque. Quando o tcheco liderava por 4-2, logo após a virada de lado, o espanhol arriscou uma bola curta na devolução e variou nas escolhas dos golpes antes de definir o ponto na rede para devolver o minibreak. A partir daquele lance espetacular, o espanhol não perdeu mais pontos e contou com quatro erros seguidos do seu adversário.

Duplas - Antes de seu próximo compromisso na chave individual do torneio, Nadal inicia a disputa nas duplas. O espanhol se junta ao velho amigo Marc López, com quem tem três títulos na modalidade, e estreia contra o sérvio Viktor Troicki e o croata Borna Coric, a partir de 11h (de Brasília) desta terça-feira.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Loja genérico
Paulistana