fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bahia Juniors Cup, Clube Bahiano , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bahia Juniors Cup, Clube Bahiano , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bahia Juniors Cup, Clube Bahiano , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_brasileiros/guilherme_coco_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_brasileiros/guilherme_coco_int.jpg" />
Notícias | Outros
Começa em Salvador o 31º Bahia Juniors Cup
19/10/2015 às 09h33
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_brasileiros/guilherme_coco_int.jpg" title="Guilherme Coco fura quali e joga a chave principal" />

Guilherme Coco fura quali e joga a chave principal

Foto: Bruno Rocha/Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Salvador (BA) - Começa nesta segunda-feira, a partir das 15h, a chave principal masculina e feminina da principal categoria do 31ª edição do Bahia Juniors Cup, torneio internacional juvenil que comemora 30 anos retornando à casa onde nasceu, o Clube Bahiano de Tênis, situado no bairro da Graça, em Salvador. 

No masculino, destaque para a estreias do baiano Leonardo de Menezes, atual vice-campeão do torneio. Oitavo favorito, ele enfrenta Antonio Pruner Neto. Cabeça de chave 2 e campeão em Itajaí (SC), Lucas Koelle encara Arion Santinho. 

No feminino, a colombiana Yuliana Monroy, segunda pré-classificada, pega a brasileira Vitória Okuyama. Oito brasileiras estarão em ação diante de estrangeiras buscando vaga nas oitavas de final. A atual campeã Maria Silva retorna ao torneio buscando o bicampeonato e enfrenta a boliviana Natalia Barbery, oitava pré-classificada. 

As estreias dos principais favoritos acontecem na terça-feira. Felipe Alves Meligeni, sobrinho de Fernando Meligeni, faz duelo interessante diante de Gabriel Bugiga, que representou o Brasil na Copa Davis de 16 anos em Madri, na Espanha. Gabriel Decamps, campeão do Rendes-Vous à Roland Garros, torneio pré-quali em quadra montada abaixo da Torre Eiffel e que deu direito à disputa do Grand Slam, em Paris, é o terceiro cabeça e joga diante de Juan Otegui, da Argentina. Thaísa Pedretti, 89ª colocada do ranking e segunda melhor do Brasil, que vem de título na Copa Guga Kuerten, em Florianópolis (SC), encara Giovanna Caputo. 

A 31ª edição do Bahia Juniors Cup conta com 209 atletas de 12 países e este ano se tornou uma das três maiores do país junto com Londrina (PR) com pontuação Grau 3 para o ranking mundial da ITF só perdendo para o mais tradicional que é o Banana Bowl e o Campeonato Internacional Juvenil, a antiga Copa Gerdau. O evento, que conta pontos para o ranking sul-americano da Cosat nos 14 e 16 anos, e da Confederação Brasileira, nos 12 anos, é o maior da história do Nordeste no tênis juvenil. 

O tradicional torneio era chamado de Copa Econômico na década de 80 e 90 e celeiro de grandes craques. Gustavo Kuerten foi campeão dos 16 anos derrotando o baiano Duda Catharino Gordilho na final. Passaram pelo evento Teliana Pereira, Andreia Vieira, Fernando Meligeni, Marcelo Saliola, entre outros fortes nomes do tênis nacional. 

A competição reúne atletas do Brasil, Rússia, Estados Unidos, Bolívia, Suíça, Grã-Bretanha, Egito, Colômbia, Argentina, Paraguai, Uruguai e Chile. 

Guilherme Coco fura o quali - Estão definidos os últimos classificados para a chave principal e o Brasil colocou mais três participantes no masculino e três no feminino. 

Entre os homens, Guilherme Coco, de São José do Rio Preto, que marcou seu primeiro ponto no ranking profissional da ATP em agosto e recém completou 17 anos, virou contra Christian Oliveira por 2/6, 6/1 e 6/3. O tenista vem de bons resultados com semifinal em Londrina (PR) e quartas em Itajaí (SC). "Estou muito feliz com essa vitória. Ele começou melhor, mas consegui a virada, jogando bem. É muito bom ter a oportunidade de disputar um evento desse porte e agora vou confiante buscar uma boa campanha", afirmou. Além de Coco, Lucca Baptista, Giovanni Pasini e o sergipano Vinícius Silva se garantiram na chave principal. 

No feminino, três brasileiras venceram na final do qualificatório e se garantiram na fase principal. Mariana Correa venceu o duelo mais dramático do dia, em batalha de três horas, superando a egípcia Yusra Hegy por 6/4, 5/7 e 7/6 (11/9). Camila Rebello e Lorena Castellanos também confirmaram vagas enquanto que a suíça Alexandra Baldakina foi a única estrangeira a avançar. 

Categorias 14 e 16 anos - Nas quadras cobertas do Clube Bahiano de Tênis dá a largada a partir das 10h as chaves dos 14 e 16 anos no masculino e 16 anos feminino. A chave do feminino de 14 começa na terça-feira.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin