fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Raven Klaasen, Lukasz Kubot, Rohan Bopanna, Masters 1000 de XangaiCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Raven Klaasen, Lukasz Kubot, Rohan Bopanna, Masters 1000 de XangaiCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Raven Klaasen, Lukasz Kubot, Rohan Bopanna, Masters 1000 de Xangaitênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/melo/1016_xangai_cumprimenta_klaasen_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/melo/1016_xangai_cumprimenta_klaasen_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Melo vai à final e busca segundo título de Masters
17/10/2015 às 06h17
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/melo/1016_xangai_cumprimenta_klaasen_int.jpg" title="Mineiro conquistou Xangai há dois anos, com Dodig" />

Mineiro conquistou Xangai há dois anos, com Dodig

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Xangai (China) - Dois anos depois de conquistar seu primeiro Masters 1000, Marcelo Melo está de volta à decisão em Xangai em busca do bicampeonato. O número 3 do mundo, que na Ásia está jogando com o sul-africano Raven Klaasen, segue invicto com o novo parceiro e neste sábado passou por jogo duro com o indiano Rohan Bopanna e o polonês Lukasz Kubot, cabeças de chave 8, com parciais de 6/3, 6/7 (1-7) e 10-7.

Melo e Klaasen foram campeões do ATP 500 de Tóquio no domingo, na primeira semana que jogaram juntos, e agora somam sete vitórias. O sul-africano, 23º do mundo, vai disputar sua primeira final de Masters neste domingo. Ele tem oito títulos no currículo e sua maior decisão foi no Australian Open-2014, em que foi vice.

O mineiro de 32 anos já jogou três finais de Masters. Além do título em Xangai-2013, foi vice em Monte Carlo e no Canadá, em 2014, todos com o croata Ivan Dodig. Enquanto o parceiro fixo disputa challengers na Europa para se recuperar em simples, Melo se aproxima da liderança do ranking. Com os 600 pontos que garantiu na China, a diferença para Bob e Mike Bryan será menor que 1.000 pontos na segunda-feira. Além disso, até o final do ano os gêmeos americanos defendem 2.300 pontos e Melo apenas 980.

A final deste domingo será contra os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini, campeões do Australian Open e vice de Indian Wells e Monte Carlo neste ano. O título colocaria a parceria na 3ª posição na Corrida para o ATP Finals de Londres, ultrapassando Melo/Dodig. Eles salvaram um match point na semifinal contra o canadense Daniel Nestor e o francês Edouard Roger-Vasselin, 5/7, 7/6 (7-5) e 10-3.

Na semifinal, Melo/Klaasen salvou três break points e aproveitou a única chance que teve, em 4/3. Eles se recuperaram de 1/4 no segundo set e salvaram três set points antes do tiebreak na segunda parcial. No match-tiebreak, precisaram de nova reação após Bopanna/Kubot liderar por 4-1 e manter o jogo equilibrado até o 7-7.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Loja genérico