fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Dennis Novak, Matthew Ebden, Challenger, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Dennis Novak, Matthew Ebden, Challenger, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Guilherme Clezar, Dennis Novak, Matthew Ebden, Challenger, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/clezar/0427_paineiras_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/clezar/0427_paineiras_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
No Uzbequistão, Clezar inicia com vitória dura
12/05/2015 às 08h32
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/clezar/0427_paineiras_back_int.jpg" title="Gaúcho enfrenta australiano Ebden nas oitavas" />

Gaúcho enfrenta australiano Ebden nas oitavas

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Samarkand (Uzbequistão) - O gaúcho Guilherme Clezar foi testado logo na primeira rodada do challenger de Samarkand, disputado no saibro e com premiação de US$ 50 mil+H. Nesta terça-feira, o número 178 do mundo e cabeça de chave 5 passou pelo austríaco Dennis Novak, 243º, com parciais de 6/3, 1/6 e 6/4, em 1h58 de partida.

Nas oitavas de final, Clezar mede forças o australiano Matthew Ebden, 236º, que também sofreu para superar o russo Anton Zaitcev, 366º, por 6/1, 5/7 e 7/6 (7-4). Eles nunca se enfrentaram no circuito mundial.

A partida começou cheia de chances de quebras para os dois lados, mas apenas Clezar aproveitou. Depois de salvar quatro break points em dois games de serviço, o gaúcho liderava por 3/0. A partir daí, o set seguiu sem novas oportunidades até o nono game, quando Clezar precisou salvar o quinto break point da parcial antes de fazer 6/3, em 36 minutos.

A situação se inverteu no segundo set, com o austríaco obtendo uma quebra no início. Novak cedeu apenas seis pontos no serviço, não enfrentou break points e voltou a superar o saque de Clezar no sexto game.

O set decisivo se manteve equilibrado, mas Clezar sempre esteve à frente. O gaúcho teve quebra de vantagem por duas vezes e chegou a sacar para o jogo em 5/3. Porém, só confirmou a vitória obtendo sua terceira quebra na parcial, no 10º game.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Plakr