fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Simone Bolelli, Grigor Dimitrov, Stan Wawrinka, Masters 1000 de MadriCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Simone Bolelli, Grigor Dimitrov, Stan Wawrinka, Masters 1000 de MadriCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Simone Bolelli, Grigor Dimitrov, Stan Wawrinka, Masters 1000 de Madritênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/0506_madri_foreterm_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/0506_madri_foreterm_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Nadal não dá chances e encara Dimitrov nas 4as
07/05/2015 às 11h43
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/0506_madri_foreterm_int.jpg" title="Espanhol nunca perdeu para Dimitrov em 5 jogos" />

Espanhol nunca perdeu para Dimitrov em 5 jogos

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Madri (Espanha) - O espanhol Rafael Nadal voltou a fazer uma partida segura no Masters 1000 de Madri nesta quinta-feira e está nas quartas de final. O número 4 do mundo confirmou todos os games de saque para despachar o italiano Simone Bolelli, 63º, em 1h12, por duplo 6/2.

Nesta sexta, o canhoto mede forças com o búlgaro Grigor Dimitrov, 11º, que precisou de três sets diante do suíço Stan Wawrinka. Nadal lidera o confronto direto por 5 a 0 e o último duelo foi o único vencido em sets diretos (duplo 6/2 em Roma-2014).

O tetracampeão em Madri e atual defensor do título segue em busca de manter a escrita de 11 anos conquistando ao menos um torneio no saibro europeu. Nesta temporada, ele caiu na semifinal do Masters de Monte Carlo e nas oitavas no ATP 500 de Barcelona.

Nadal teve problemas com a agressividade de Bolelli apenas nos primeiros games do jogo. Depois de salvar dois break points em 0/1, o espanhol encontrou o ritmo nas devoluções, quebrou o rival de zero para fazer 3/2 e assumiu o controle da partida.

As estatísticas da parcial apontaram mais erros do que winners na atuação de Nadal (12 a 7). Porém, os números do italiano, que no dia anterior havia alcançado a 100ª vitória na carreira, foram muito mais discrepantes (16 erros e 3 bolas vencedoras).

Uma quebra na abertura do segundo set impediu qualquer reação que o italiano pudesse esboçar. O ex-número 1 cresceu em aproveitamento de primeiro serviço (de 67% para 75%) e de pontos vencidos com o saque (de 67% para 80%) até confirmar a segunda vitória segura na capital espanhola.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin