fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Steve Johnson, Alejandro Gonzalez Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Steve Johnson, Alejandro Gonzalez Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Steve Johnson, Alejandro Gonzalez tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/0502_madri_fore_treino_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/0502_madri_fore_treino_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Com top 5 em risco, Nadal abre contra Johnson, 54º
04/05/2015 às 13h20
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/nadal/0502_madri_fore_treino_int.jpg" title="Espanhol pode cair até para 9ª posição" />

Espanhol pode cair até para 9ª posição

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Madri (Espanha) - O espanhol Rafael Nadal conheceu nesta segunda-feira seu primeiro adversário no Masters 1000 de Madri. O número 4 do mundo inicia a defesa do título diante do norte-americano Steve Johnson, 54º, que disputa o torneio pela primeira vez, na quarta-feira.

Tetracampeão em Madri, Nadal joga pressionado após atuações irregulares e por conta dos 1000 pontos que tem para defender. O canhoto precisa alcançar ao menos a decisão para não deixar o top 5 pela primeira vez desde maio de 2005. Ainda assim, teria de torcer contra adversários diretos, como o canadense Milos Raonic, o tcheco Tomas Berdych e o japonês Kei Nishikori, vice em 2014. Descontados os pontos pela temporada anterior, Raonic estaria puxando a fila em 4º e Nadal seria apenas o 7º.

O caminho até a final em Madri tem como prováveis adversários o australiano Bernard Tomic nas oitavas de final e o suíço Stan Wawrinka nas quartas. Na penúltima fase, o espanhol pode encontrar o suíço Roger Federer ou Berdych. O canhoto de 28 anos soma 35 vitórias e 8 derrotas em Madri e nos últimos 10 anos só parou antes das quartas de final quando o torneio testou o saibro azul, em 2012.

Nadal aparece nesta segunda com 5.390 pontos no ranking mundial. Nas próximas cinco semanas, ele defende nada menos que dois terços desse total (3.600 pontos), com o título na Espanha, o vice no Masters de Roma e a nona conquista de Roland Garros.

O duelo contra Johnson será inédito no circuito. Nesta segunda, o jogador de 25 anos eliminou o qualifier colombiano Alejandro Gonzalez, 105º, de virada, por duros 4/6, 6/3 e 7/6 (7-4).

Americanos avançam - A abertura da rodada teve outras duas vitórias de norte-americanos no saibro madrileno. Na “rotina” de sacador, John Isner não enfrentou break points para superar o francês Adrian Mannarino, com parciais de 7/6 (7-2) e 6/4. O número 18 do mundo aguarda outro francês, Jeremy Chardy, ou o paulista Thomaz Bellucci, que jogam ainda nesta segunda.

Sam Querrey fez partida mais dura contra o qualifier australiano Thanasi Kokkinakis, 103º. O jovem de 19 anos salvou dois match points no segundo set, mas sucumbiu no terceiro, com parciais de 6/4, 6/7 (6-8) e 6/4. O 39º colocado aguarda o local Roberto Bautista ou o convidado romeno Marius Copil.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Suzana Silva
ProSpin