fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Pablo Cuevas, ATP 250 de Istambul Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Pablo Cuevas, ATP 250 de Istambul Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Roger Federer, Pablo Cuevas, ATP 250 de Istambul tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/federer/0502_istambul_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/federer/0502_istambul_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Federer conquista 85º troféu no inédito ATP turco
03/05/2015 às 12h52
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/federer/0502_istambul_fore_int.jpg" title="Suíço precisou de cinco match points em longo tiebreak" />

Suíço precisou de cinco match points em longo tiebreak

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Istambul (Turquia) - O primeiro ATP da história em solo turco coroou o suíço Roger Federer com seu 85º troféu neste domingo. O vice-líder do ranking mundial foi firme por um set e superou altos e baixos no segundo para faturar o título em Istambul diante do uruguaio Pablo Cuevas, 23º do mundo, com parciais de 6/3 e 7/6 (13-11), em 1h36 de partida.

Este é o terceiro título de Federer na temporada (ATP 250 de Brisbane e ATP 500 de Dubai) na quarta final que disputa (vice Masters 1000 de Indian Wells). Aos 33 anos, o maior vencedor de Grand Slam aumenta a coleção de troféus para 85, seguindo atrás apenas do norte-americano Jimmy Connors (109) e do tcheco Ivan Lendl (94), em um dos poucos recordes que não tem.

A conquista no modesto ATP 250 de Istambul rende premiação de 80 mil euros e o fim de longo jejum na terra batida. O último título na superfície havia sido no saibro azul de Masters 1000 de Madri-2012. No saibro “autêntico”, o tabu datava de Roland Garros-2009. Após o inédito ATP turco, Federer já levantou troféus em 19 países diferentes.

Federer aproveitou um início ruim de Cuevas e rapidamente abriu 3/0. O uruguaio entrou na partida tentando igualar a agressividade do suíço e equilibrou o confronto. Apesar de enfrentar igualdades no quinto e no nono games, Federer não precisou salvar oportunidades de quebra. O suíço venceu 81% dos pontos com o primeiro serviço e não passou apuros na parcial.

No início do segundo set, Cuevas recebeu atendimento no antebraço direito e não se mostrou à vontade no saque e no backhand. Federer teve chances de quebra no quinto game, mas só concretizou no sétimo, quando chegou a vencer oito pontos seguidos para fazer 4/3. A partida que parecia controlada viu Federer desperdiçar a vantagem ao errar demais. O uruguaio devolveu a quebra e saiu de 0-40 para liderar por 5/4.

O longo tiebreak foi tenso e cheio de oportunidades. Cuevas liderou no início e salvou dois match points até cometer uma dupla falta no 6-6. Federer desperdiçou mais duas oportunidades de fechar o jogo, salvou três set points – dois deles no saque do rival – e finalmente triunfou após 24 pontos disputados.

A campanha em Istambul não foi das mais seguras para Federer, que alternou altos e baixos e precisou de três sets nas quartas de final e na semifinal. Veja abaixo o caminho para o título:

Primeira rodada: Jarkko Nieminen (FIN); 6/2 e 7/5
Quartas de final: Daniel Gimeno (ESP); 7/6 (7-3), 6/7 (5-7) e 6/3
Semifinal: [8]Diego Schwartzman (ARG); 2/6, 6/2 e 7/5
Final: [3]Pablo Cuevas (URU); 6/3 e 7/6 (13-11)

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Plakr