fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Pablo Cuevas, Denis Istomin Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Pablo Cuevas, Denis Istomin Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Pablo Cuevas, Denis Istomin tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bellucci/0430_istambul_voleio_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bellucci/0430_istambul_voleio_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Bellucci: 'Não posso deixar Cuevas gostar do jogo'
30/04/2015 às 13h49
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bellucci/0430_istambul_voleio_int.jpg" title="Bellucci venceu Cuevas recentemente em Miami" />

Bellucci venceu Cuevas recentemente em Miami

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Istambul (Turquia) - Garantido nas quartas de final do ATP 250 de Istambul, Thomaz Bellucci já traça o plano para enfrentar Pablo Cuevas nesta sexta-feira por volta das 13h (de Brasília). O número 1 do Brasil e 74º do mundo venceu recente confronto com o uruguaio, 23º, no Masters 1000 de Miami.

“O Cuevas é um bom jogador, principalmente nesse piso lento. Tenho que seguir consistente no saque e jogar agressivo contra ele, sem deixar ele gostar do jogo”, afirmou Bellucci, que foi derrotado por Cuevas no saibro em duas oportunidades anteriores, no ATP de Estoril em 2011 e no Challenger de Buenos Aires em 2013.

Sobre a vitória por 7/6 (7-4) e 6/3 contra o 66º colocado uzbeque Denis Istomin nesta quinta-feira, Bellucci voltou a destacar a força de seu saque. O canhoto paulista não sofreu quebras e cedeu 6 pontos no serviço no primeiro set e 7 no segundo.

“Joguei melhor que na primeira rodada, mais constante. Saquei bem, ganhei muitos pontos com o saque e primeira bola", analisou Bellucci.

O jogo foi equilibrado no primeiro set, com poucas chances para os dois, mas no tiebreak fui mais consistente. No segundo set, abri logo no começo um break e até poderia ter quebrado o serviço dele mais uma vez, mas ele acabou jogando bem”, acrescentou o tenista número 1 do Brasil.

Os 45 pontos conquistados por Bellucci em Istambul nesta semana são de fundamental importância para a manutenção de seu lugar no ranking já que ele defendia 57 referentes às quartas mais o quali do ATP de Munique do ano passado.

Com mais uma vitória, Bellucci deve retornar ao grupo dos 70 melhores do mundo. Se for finalista, ele chega perto do 65º lugar, enquanto um título o aproxima do retorno ao top 50. Aos 27 anos, Bellucci tem como melhor ranking o 21º lugar, alcançado em 2010.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
1xBet