fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Kaia Kanepi, Timea Babos Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Kaia Kanepi, Timea Babos Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Teliana Pereira, Kaia Kanepi, Timea Babos tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/teliana/0409_medellin_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/teliana/0409_medellin_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
'Estou melhorando a cada dia', comemora Teliana
28/04/2015 às 15h37
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/teliana/0409_medellin_back_int.jpg" title="Teliana joga pelas oitavas nesta quarta-feira" />

Teliana joga pelas oitavas nesta quarta-feira

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Marrakech (Marrocos) - A série invicta de 14 jogos deixa Teliana Pereira bastante animada. Número 1 do Brasil e 81ª do ranking mundial comemora o momento favorável e acredita que pode manter o embalo para ficar ainda mais forte.

"Estou me sentindo melhor a cada dia e sempre procurando evoluir", disse Teliana, após a boa vitória por 6/3 e 6/2 contra a top 50 estoniana Kaia Kanepi pela primeira rodada da chave principal WTA de Marrekech, depois de ter passado pelas três rodadas do qualificatório.

"Entrei em quadra querendo jogar o meu melhor, procurando usar bem o primeiro saque que tem funcionado e aproveitando os pontos importantes do jogo," comemorou a pernambucana de 26 anos, que nos últimos 14 jogos sequer perdeu um set.

A próxima adversária de Teliana é a húngara Timea Babos, 86ª colocada no ranking da WTA, por volta das 7h (de Brasília) desta quarta-feira. Babos é destaque também no circuito de duplas, em que tem 8 títulos. "É outro jogo duro. Tenho que entrar focada e fazendo o meu melhor", disse a respeito do inédito confronto pelas oitavas.

Vinda de conquistas no ITF de US$ 50 de Medellín há duas semanas e do WTA de Bogotá há nove dias, Teliana destacou a boa preparação feita em Curitiba antes do início da temporada do saibro. "A minha preparação para esses torneios foi perfeita".

"Foram três semanas em casa treinando duro, mas também é resultado de um trabalho de muito tempo e da experiência dos últimos dois anos no circuito", comemorou a pernambucana, que entrou pela primeira vez no top 100 em 2013.

"Agora estamos começando a colher os frutos e vamos manter os pés no chão e continuar crescendo diariamente", complementou.

 

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Plakr