fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Albert Ramos-Vinolas, Albert Montanes, ATP 500 de BarcelonaCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Albert Ramos-Vinolas, Albert Montanes, ATP 500 de BarcelonaCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Bruno Soares, Alexander Peya, Albert Ramos-Vinolas, Albert Montanes, ATP 500 de Barcelonatênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bruno_soares/0220_rio_voleia_peya_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bruno_soares/0220_rio_voleia_peya_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Soares/Peya confirma e faz semifinal em Barcelona
23/04/2015 às 10h05
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bruno_soares/0220_rio_voleia_peya_int.jpg" title="Parceria busca primeira final na temporada" />

Parceria busca primeira final na temporada

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Barcelona (Espanha) - O mineiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya entraram em quadra nesta quinta-feira como grandes favoritos diante de simplistas que raramente se aventuram no circuito de duplas e receberam um convite da organização. E a parceria cabeça de chave 4 no ATP 500 de Barcelona confirmou sem sustos diante dos espanhóis Albert Montañes e Albert Ramos, com parciais de 6/3 e 6/2.

Soares e Peya só conhecerão os adversários da semifinal na sexta-feira. Eles aguardam outra parceria espanhola, Marcel Granollers/Marc Lopez, ou o croata Marin Draganja e o finlandês Henri Kontinen, que formam a 13ª dupla no ranking desta temporada e já têm dois títulos em ATPs 250 (Zagreb e Marselha). Os espanhóis são os cabeças 2, mas somam apenas cinco vitórias em 2015.

A parceria austro-mineira, campeã em Barcelona em 2013, pode deixar o saibro espanhol no top 10 desta temporada em caso de título. A dupla vem das quartas de final no Masters 1000 de Monte Carlo e disputa a terceira semifinal do ano, ainda em busca da primeira decisão.

O começo da partida teve games fáceis para os sacadores, especialmente para os “duplistas de ofício”. Peya e Soares cederam cinco pontos no serviço, não enfrentaram break points e aproveitaram a primeira chance que tiveram para abrir 4/2.

O segundo set ficou ainda mais tranquilo com duas quebras de saque no início. Os espanhóis ameaçaram reação e devolveram uma das quebra no quarto game, aproveitando duplas faltas do austríaco. Porém, Soares/Peya voltou a controlar a partida e venceu os últimos três games para fechar o jogo em 52 minutos.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
RG Amateur Rio