fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kei Nishikori, Santiago Giraldo, Roberto Bautista Agut, Pablo Cuevas, ATP 500 de BarcelonaCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kei Nishikori, Santiago Giraldo, Roberto Bautista Agut, Pablo Cuevas, ATP 500 de BarcelonaCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kei Nishikori, Santiago Giraldo, Roberto Bautista Agut, Pablo Cuevas, ATP 500 de Barcelonatênis" /> fiogf49gjkf0d2015/nishikori/0421_barcelona_devolve_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d2015/nishikori/0421_barcelona_devolve_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Nishikori atropela em repetição da final de 2014
23/04/2015 às 08h03
fiogf49gjkf0d
2015/nishikori/0421_barcelona_devolve_int.jpg" title="Japonês revê Bautista no caminho para o bi" />

Japonês revê Bautista no caminho para o bi

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Barcelona (Espanha) - A reedição da decisão do ATP 500 de Barcelona foi ainda mais fácil para o japonês Kei Nishikori nesta quinta-feira. Se há um ano o colombiano Santiago Giraldo venceu quatro games, desta vez o número 5 do mundo cedeu apenas três, marcando 6/2 e 6/1 para avançar às quartas de final.

Nishikori se manteve à frente durante toda a partida. Apesar de encarar três break points no terceiro game, o japonês chegou a abrir 4/0 no início. Giraldo devolveu uma das quebras e teve a chance de equilibrar o duelo ao receber em 4/2, mas desperdiçou a que seria sua última oportunidade de quebra no jogo.

Na segunda parcial o domínio de Nishikori ficou ainda mais nítido. O atual campeão cedeu apenas seis pontos no serviço, não enfrentou break points e teve chances em todos os games de saque de Giraldo, incluindo para fechar com um “pneu”. O número 31 do mundo escapou do 6/0, mas deu adeus ao torneio após 1h22. Com a derrota, o colombiano, que defendia 300 pontos pelo vice-campeonato, cairá mais de 15 posições no ranking na próxima semana.

Nesta sexta-feira, Nishikori revê outro adversário que superou na campanha do título em 2014, o espanhol Roberto Bautista. O atual 16º da ATP foi o único que tirou um set do japonês, ainda na segunda rodada, caindo por 6/1, 4/6 e 6/3. Esse é o único encontro entre eles no circuito.

Para garantir vaga nas quartas de final, Bautista teve que se recuperar de uma quebra no primeiro game diante do uruguaio Pablo Cuevas, 23º. Assim como Nishikori, o espanhol cabeça 7 mandou no segundo set e avançou com parciais de 7/6 (7-5) e 6/2, em 1h37.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
HandDry
Paulistana