fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Maximo Gonzalez, Challenger Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Maximo Gonzalez, Challenger Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rogerio Silva, Maximo Gonzalez, Challenger tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/rogerinho/0422_santos_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/rogerinho/0422_santos_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Rogerinho cai para top 100 argentino em Santos
22/04/2015 às 17h25
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/rogerinho/0422_santos_back_int.jpg" title="Rogerinho joga challenger em SP na próxima semana" />

Rogerinho joga challenger em SP na próxima semana

Foto: João Pires/Fotojump
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Santos (SP) - Em uma tarde bastante prejudicada pelo mau tempo, Rogério Dutra Silva esperou por mais de quatro horas para fazer sua partida de estreia no Campeonato Internacional de Tênis de Santos, torneio challenger de US$ 50 mil no saibro.

O jogo contra o 96º colocado argentino Maximo González, inicialmente previsto para às 11h da manhã, começou apenas às 15h15 em quadra coberta. Ao final de 1h52 de disputa, González confirmou a condição de cabeça 1 do torneio santista e venceu com parciais de 6/3 e 7/6 (8-6). A partida foi a única de simples disputada nesta quarta-feira.

Ex-84º colocado e hoje ocupando apenas o 514º lugar no ranking da ATP, Rogerinho terá nova chance de recuperação na próxima semana, quando disputa o São Paulo Challenger de Tênis, nas quadras de saibro do Clube Paineiras do Morumby. Atual campeão do evento paulistano, Rogerinho recebeu convite dos organizadores.

"É muito bom receber este apoio para entrar direto na chave principal em São Paulo. Tive uma lesão (coxa esquerda) no segundo semestre do ano passado que acabou afetando de certa forma meu ranking, mas venho buscando recuperar os bons resultados já nesta temporada", analisou Rogerinho.

Na capital paulista, Rogerinho terá o apoio especial da pequena Luiza, sua filha de apenas seis meses. "A minha filha é uma fonte de motivação muito grande que tenho. Ela já me viu jogar no Chile este ano e com certeza estará em São Paulo", acrescentou o experiente paulista de 31 anos.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Loja genérico