fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Marius Copil, Adrian Ungur, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Marius Copil, Adrian Ungur, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Andre Sa, Chris Guccione, Marius Copil, Adrian Ungur, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/andre_sa/0227_buenosaires_back_sozinho_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/andre_sa/0227_buenosaires_back_sozinho_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Sá estreia contra dupla romena em Bucareste
20/04/2015 às 16h23
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/andre_sa/0227_buenosaires_back_sozinho_int.jpg" title="Sá disputa segundo torneio com Guccione" />

Sá disputa segundo torneio com Guccione

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Bucareste (Romênia) - O duplista mineiro André Sá número três do Brasil e 58º do ranking, estreia nesta terça-feira na chave do ATP 250 de Bucareste, na Romênia, evento sobre o piso de saibro com premiação de 439 mil euros.

Será o segundo torneio de Sá ao lado do australiano Chris Guccione, 43º colocado, com quem jogou no saibro americano de Houston há duas semanas. Os dois enfrentam a dupla romena formada por Marius Copil e Adrian Ungur.

"Sem dúvida é complicado atuar contra jogadores da casa, a torcida estará presente e eles bastante motivados", disse André Sá. "Teremos que impôr nosso jogo desde o começo para não diexá-los acreditar na vitória. Será uma dura estreia", avaliou o experiente mineiro de 37 anos.

Variando entre o 56º e 58º lugar desde o início de março, Sá está em sua melhor faixa de ranking nos últimos dois anos, graças à recente conquista do ATP 250 de Buenos Aires ao lado do finlandês Jarkko Nieminen. Foi seu oitavo título de ATP, sendo o primeiro em quatro anos.

Sá e Guccione devem jogar juntos nos torneios de saibro de Bucareste, Munique e Nice. Depois, atuarão na grama em Stuttgart, Queen’s e Wimbledon. O único torneio em que o mineiro não jogará ao lado do australiano será em Roland Garros, onde reedita a parceria com Nieminen.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Suzana Silva
ProSpin