fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Beatriz Haddad maia, Paula Goncalves, Patricia Medrado, Niege Dias, BogotaCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Beatriz Haddad maia, Paula Goncalves, Patricia Medrado, Niege Dias, BogotaCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Beatriz Haddad maia, Paula Goncalves, Patricia Medrado, Niege Dias, Bogotatênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/duplas/bia_paula_bogotá_trofeu_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/duplas/bia_paula_bogotá_trofeu_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Bia e Paula quebram jejum também nas duplas
19/04/2015 às 18h34
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/duplas/bia_paula_bogotá_trofeu_int.jpg" title="Bia e Paula devem entrar para o top 200 de dupla" />

Bia e Paula devem entrar para o top 200 de dupla

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Bogotá (Colômbia) - Para completar o domingo histórico do tênis feminino brasileiro, as paulistas Beatriz Haddad Maia e Paula Gonçalves repetiram Teliana Pereira e também conquistaram o título no WTA de Bogotá, torneio com premiação de US$ 250 mil disputado sobre o saibro. A jovem parceria teve uma final difícil antes de superar as norte-americanas Shelby Rogers e Irina Falconi, por 6/3, 3/6e 10-6.

Assim como o último título de simples brasileiro em WTA havia acontecido na década de 1980, o de duplas também é muito antigo. As últimas a levantarem um troféu desse quilate haviam sido a gaúcha Niege Dias e a baiana Patrícia Medrado no WTA do Guarujá, em 1986. A mesma Niege era a última a ganhar em simples, no WTA de Barcelona de 1988.

Com o título e os 280 pontos que somarão no ranking individual de duplas, Paula e Bia irão entrar para o grupo das 200 primeiras classificadas. Atualmente, a paulista é a principal brasileira na lista, como 212ª colocada, seguido de perto pela paulista Laura Pigossi (222ª). Bia vem logo atrás, como 227ª.

“Mais uma etapa muito boa da minha vida, mais um passinho que eu estou dando para acreditar em mim. Foi uma semana importante para o tênis feminino, para mostrar que a gente pode”, afirmou Bia.

“Estou muito feliz pela Teliana, não só pelo título, mas pela história e pela garra que ela vem trabalhando e conquistando as coisas”, completou a tenista de 18 anos.

Após o primeiro título WTA e o segundo juntas no circuito profissional feminino, Bia Haddad Maia e Paula Gonçalves devem manter a parceria nesta temporada. “Eu e a Paulinha jogamos juntas três torneios, ganhamos dois e fizemos final em um, então acho que a gente tem tudo para seguir”, finaliza Bia.

As brasileiras também dividirão o bom prêmio de US$ 12.300 oferecido às campeãs de Bogotá. Sem ser cabeças de chave, Bia e Paula estreiam com duplo 6/1 sobre Beatriz Garcia/Florencia Molinero, eliminando em seguida Sorana Cirstea/Yaroslava Shvedova, por 6/3 e 7/5. Na semifinal, arrasaram Irina Khromacheva/Maryna Zanevska, por 6/4 e 6/0.

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva
ProSpin