fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Gabriel Decamps, Felipe Alves, Erika Pereira, Maria Clara Silva, Roland GarrosCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Gabriel Decamps, Felipe Alves, Erika Pereira, Maria Clara Silva, Roland GarrosCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Gabriel Decamps, Felipe Alves, Erika Pereira, Maria Clara Silva, Roland Garrostênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_brasileiras/erika_pereira_paineiras_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_brasileiras/erika_pereira_paineiras_int.jpg" />
Notícias | Outros
Surpresas marcam finais do quali de Roland-Garros
18/04/2015 às 15h44
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/juvenis_brasileiras/erika_pereira_paineiras_int.jpg" title="Erika Pereira busca vaga para triangular em Paris" />

Erika Pereira busca vaga para triangular em Paris

Foto: Cristiano Andujar
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

São Paulo (SP) - Finais inesperadas irão determinar, a partir das 9h30 deste domingo, os dois brasileiros que irão a Paris tentar vaga direta na chave juvenil do Aberto da França. Os paulistas Felipe Alves e Gabriel Decamps decidem o "Rendez-Vous à Roland Garros" entre os garotos e a carioca Maria Clara Silva joga contra a paulista Erika Pereira entre as meninas.

Nas semifinais deste sábado, Decamps, de apenas 15 anos, surpreendeu o cabeça 1, o canhoto paulista Igor Marcordes, por 7/5 e 7/6 (7-4 no tiebreak), enquanto o sobrinho de Fernando Meligeni superou o também paulista Lucas Koelle, por 7/5 e 6/0.

Para Decamps, o jogo foi muito duro. "Consegui manter meu padrão o que foi fundamental para a vitória". Ele mesmo está surpreso com o sucesso no torneio. "São poucos os jogadores de minha idade que conseguem imprimir o ritmo que obtive aqui". A vitória sobre o cabeça 1 lhe dá confiança para a final: "Perdi mais do que ganhei do Felipe, mas estou muito confiante agora".

O sobrinho de Meligeni, por seu lado, admitiu nervosismo no começo da partida. "Não estava aproveitando minhas chances e Koelle vinha firme", analisou. Depois de estar 3/5 atrás, Felipe ganhou os 10 games seguintes. Para a final deste domingo, ele acha que manter a calma será fator essencial.

Final inesperada no feminino - As duas primeiras cabeças de chave caíram nas semifinais femininas do "Rendez-Vous à Roland Garros" neste sábado. A carioca Maria Clara Silva virou contra a paulista Shophia Chow, cabeça 1, por 4/6, 6/3 e 6/3, e a paulista Erika Pereira tirou a paranaense e segunda pré-classificada Gabriela Rezende, por 6/2, 6/7 (3-7) e 6/2.

Maria Clara diz que não jogou seu melhor tênis neste sábado, mas se superou nos momentos importantes. "Não estou surpresa por chegar à final, porque tenho jogado muito no circuito profissional e jamais havia perdido para a Sophia". Contra Erika, ela levou a melhor no único duelo entre elas em torneio juvenil na Bahia.

Erika, por sua vez, admitiu certo nervosismo na partida. "Minha bola ficou curta no segundo set e a Gabriela aproveitou. Estava cansada no terceiro set e até pensei que não aguentaria, mas a vontade falou mais alto". A paulista não se considera favorita e tenta realizar o sonho de enfim disputar Roland Garros. "É o torneio que sempre sonhei jogar".

A final feminina acontece às 9h30 deste domingo na quadra principal do clube Paineiras do Morumby, com entrada gratuita ao público, e será transmitida ao vivo pela TenisBrasil TV.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin
Plakr