fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Thiemo De Bakker, Juan Monaco, Jarkko Nieminen, Rio OpenCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Thiemo De Bakker, Juan Monaco, Jarkko Nieminen, Rio OpenCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
David Ferrer, Thiemo De Bakker, Juan Monaco, Jarkko Nieminen, Rio Opentênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/ferrer/0218_rio_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/ferrer/0218_rio_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Ferrer avança com abandono e pega Mónaco
19/02/2015 às 00h01
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/ferrer/0218_rio_back_int.jpg" title="Ferrer passou apuros no tiebreak do primeiro set" />

Ferrer passou apuros no tiebreak do primeiro set

Foto: Divulgação/Agif
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) - Problemas estomacais prejudicaram o holandês Thiemo de Bakker e foram um alívio para o espanhol David Ferrer no encerramento da rodada noturna do Rio Open. O cabeça 2 avançou para as quartas de final com 73 minutos de jogo e um set muito apertado, em que venceu por 7/6, com 10-8 no tiebreak. Depois, após perder os dois primeiros games, De Bakker chamou novamente o médico e decidiu abandonar a competição.

Ferrer enfrentará na sexta-feira o argentino Juan Mónaco, ex-top 10 que agora é o número 66 do ranking. Ele derrotou o finlandês Jarkko Nieminen por 6/1 e 7/6 (7-4 no tiebreak) e interrompe uma série de quatro derrotas consecutivas em primeiras rodadas em todos os torneios que havia disputado nesta temporada.

Mónaco leva vantagem sobre Ferrer no histórico dos sete confrontos já disputados. Os dois empatam por 2 a 2 nos duelos sobre o saibro, com o argentino tendo vencido em 2004 e 2005 e o espanhol, em 2009 e 2011.

Apesar de alguns bons lances e um saque bem colocado, Ferrer não foi brilhante e poderia ter perdido o primeiro set para um adversário que não estava em perfeitas condições físicas. De Bakker chegou a ter 5-4 e dois serviços a favor para ganhar o tiebreak e só então a devolução do número 9 do mundo funcionou.

"Nunca é fácil jogar contra um adversário que parece estar com problema", salientou Ferrer ainda em quadra. Ele reconheceu que não apresentou ainda um bom tênis. "Preciso melhorar para a próxima rodada", analisou.

"Tenho que melhorar, pois não tenho me sentido cômodo com meu jogo. Tive sorte que hoje (quarta-feira) meu adversário abandonou. Não sei o que acontece. Desde o ano passado estou buscando voltar ao meu melhor tênis e espero que possa melhorar com um dia de descanso e de trabalho. Não estou com as sensações que gostaria, mas estou positivo de que posso melhorar amanhã. É apenas uma coisa que têm acontecido essa semana, não estou feliz com o meu jogo", finalizou o espanhol.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series