fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Thomaz Bellucci, Andre Ghem, Fabiano de Paula, rankingCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Thomaz Bellucci, Andre Ghem, Fabiano de Paula, rankingCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Joao Souza, Thomaz Bellucci, Andre Ghem, Fabiano de Paula, rankingtênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/feijao/0212_bropen_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/feijao/0212_bropen_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Feijão volta a 88º, Bellucci pode perder nº 1
16/02/2015 às 10h20
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/feijao/0212_bropen_back_int.jpg" title="Feijão tem chance de alcançar seu melhor ranking" />

Feijão tem chance de alcançar seu melhor ranking

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) - O Rio Open pode determinar um novo número 1 para o tênis masculino brasileiro. A excelente campanha em São Paulo levou João Souza, o Feijão, a recuperar 22 posições no ranking e retornar à condição de 88º jogador mais bem classificado. Ao mesmo tempo, Thomaz Bellucci está provisoriamente no 64º, mas ainda irá perder os 90 pontos de São Paulo e precisa defender mais 90 no saibro carioca.

Feijão está com 576 pontos e somará com qualquer vitória no Rio, já que seu 18º resultado a descartar são 10 pontos. Ele estreará na terça-feira contra o quali argentino Facundo Arguello e, em caso de vitória, reencontra o também argentino Leonardo Mayer, a quem superou dias atrás no Ibirapuera. O recorde pessoal do pupilo de Ricardo Acioly é o 84º posto em setembro de 2011.

A derrota de estreia em São Paulo, onde desperdiçou dois match-points na primeira rodada, poderá custar boa queda para Bellucci, que descerá cerca de 10 posições na próxima lista, quando entram os pontos do Ibirapuera (o calendário foi alterado em relação a 2014).

Quadrifinalista no ano passado no Rio, ele tem então que igualar os 90 pontos e ainda tentar uma rodada a mais para evitar a perda de posições. O problema é que seu primeiro adversário é o superfavorito Rafael Nadal. A saída prematura levará Bellucci para perto do 85º lugar, na casa dos 591 pontos.

Os demais brasileiros tiveram variação discreta. André Ghem, que não passou os qualis, é agora 173º, seguido por Fabiano de Paula (224º). Quem pode evoluir é Guilherme Clezar, 230º e convidado no Rio, onde estreia nesta noite contra o quali Thiemo de Bakker. No seu retorno ao circuito, Rogério  Silva é o outro brasileiro entre os top 300, ocupando o 275º lugar.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Loja genérico