fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Sara Errani, Roberta Vinci, Rio Open Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Sara Errani, Roberta Vinci, Rio Open Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Sara Errani, Roberta Vinci, Rio Open tênis" />
Notícias | Dia a dia | Rio Open
Errani não se considera favorita ao título no Rio
14/02/2015 às 18h41
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Rio de Janeiro (RJ) -  Atual 13ª do ranking mundial de simples e nº 1 de duplas, a italiana Sara Errani evitou falar como principal favorita ao título da etapa do WTA International, torneio de premiação de U$ 250 mil. Dona de sete títulos de simples na carreira e 25 de duplas, sendo cinco destes de Grand Slam, a tenista de 27 anos, que já foi a 5ª melhor em 2013, disputará pela primeira vez o torneio nas quadras do Jockey Club Brasileiro.


"Prefiro não pensar que sou a favorita ao título, gosto de me concentrar para os jogos, pensando em um deles de cada vez. Além disso, existem outras jogadoras muito boas no torneio", disse a cabeça de chave número 1, que chegou na noite de sexta-feira ao Rio.

É a primeira vez que Errani vem ao Brasil, então ela espera ter a chance de conhecer as belezas da cidade. "Ainda não tive tempo de ver as coisas, mas o pouco que vi me deixou encantada. Estou muito contente de disputar um torneio na América do Sul", contou a jogadora, que trocou o frio da Europa pelo forte calor do Rio. "Foi uma grande mudança, então tenho que me adaptar rápido, mas gostei das condições daqui".

Errani e sua parceira de duplas, a compatriota Roberta Vinci, decidiram não disputar a chave de duplas no Rio. As duas conquistaram 22 torneios juntas, incluindo cinco Grand Slams - dois Abertos da Austrália, e uma vez Wimbledon, Roland Garros e US Open. 

"Vamos jogar em Acapulco na próxima semana e lá a quadra é rápida. Então seria complicado a adaptação do saibro para a quadra dura. Também combinamos de não jogar toda semana a chave de duplas". Em 2015, Errani e Vinci venceram o WTA de Auckland e alcançaram as oitavas de final do Aberto da Austrália. Em simples, Errani chegou à terceira rodada na Austrália e caiu na estreia em Sydney e Auckland.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series