fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Julian Knowle, Leonardo Mayer, Carlos Berlocq, Romy FarahCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Julian Knowle, Leonardo Mayer, Carlos Berlocq, Romy FarahCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Marcelo Melo, Julian Knowle, Leonardo Mayer, Carlos Berlocq, Romy Farahtênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/melo/0211_brasilopen_vibra_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/melo/0211_brasilopen_vibra_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Melo alcança semi e enfrenta colombianos em SP
12/02/2015 às 19h30
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/melo/0211_brasilopen_vibra_int.jpg" title="Bicampeão no Sauípe, Melo faz melhor campanha em SP" />

Bicampeão no Sauípe, Melo faz melhor campanha em SP

Foto: Daniel Vorley
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

São Paulo (SP) - Disposto a conquistar seu terceiro título de Brasil Open, sendo o primeiro em São Paulo, Marcelo Melo teve trabalho para garantir seu lugar na semifinal. A parceria do mineiro com o austríaco Julian Knowle superou os argentinos Leonardo Mayer e Carlos Berlocq pelas apertadas parciais de 7/5 e 7/6 (7-3) em 1h51 de disputa.

Cabeças 2, Melo e Knowle enfrentarão agora a dupla colombiana formada por Robert Farah e Juan Sebastian Cabal, que marcaram um duplo 6/2 diante dos compatriotas Nicolas Barrientos e Santiago Giraldo.

Esta já é a melhor campanha de Melo desde que o Brasil Open passou a ser disutado na capital paulista, visto que ele havia perdido nas quartas em 2012 e na estreia em 2013, além de não poder atuar no ano passado. Entretanto, o duplista de 31 anos tem histórico favorável no Brasil Open conquistando as edições de 2008, com André Sá, e 2011, com Bruno Soares.

O início de partida não poderia ser melhor para Melo e Knowle. Jogando na pequena e lotada Quadra 1, a dupla do brasileiro aproveitou a vantagem que o ambiente lhe oferecia para logo abrir 3/0, quebrando o serviço de Mayer.

A vantagem persistia sem maiores ameaças até que Melo perdeu o saque com o placar de 5/3. Ainda assim, não houve necessidade de tiebreak, já que a parceria austro-mineira conseguiu quebrar Berlocq no decisivo 12º game.

A segunda parcial começou com um game complicado em que Knowle precisou sair de 0-40. Melo e Knowle tiveram oportunidades de quebrar Mayer no quinto game, e concretizaram a vantagem dois games mais tarde com uma boa devolução de Melo sobre Berlocq. Confiante, Melo chegou a ter dois match points em seu serviço, mas permitiu novo empate. A definição se encaminhou ao tiebreak, em que o mineiro definiu o confronto com uma bola vencedora na devolução.

 

Últimas notícias
Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio
ProSpin