fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kristina Mladenovic, Caroline Garcia, Amelie Mauresmo, Alize Cornet, Fed CupCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kristina Mladenovic, Caroline Garcia, Amelie Mauresmo, Alize Cornet, Fed CupCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kristina Mladenovic, Caroline Garcia, Amelie Mauresmo, Alize Cornet, Fed Cuptênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/fed_cup/mauresmo_garcia_mlad_abraco_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/fed_cup/mauresmo_garcia_mlad_abraco_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Virada na Fed Cup encheu Mauresmo de orgulho
09/02/2015 às 11h13
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/fed_cup/mauresmo_garcia_mlad_abraco_int.jpg" title="Garcia e Mladenovic derrubaram favoritas Errani e Vinci" />

Garcia e Mladenovic derrubaram favoritas Errani e Vinci

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Gênova (Itália) - Maior surpresa no primeiro fim de semana de Fed Cup em 2015, a virada da França contra a Itália no saibro de Gênova encheu de orgulho a capitã Amelie Mauresmo. Treinadora em tempo integral de Andy Murray no circuito da ATP, Mauresmo teve apenas uma semana para preparar a jovem equipe francesa para o expressivo resultado na competição entre países.

"Estou muito orgulhosa das meninas, eles fizeram coisas incríveis lá em quadra", disse Mauresmo, após a vitória de Kristina Mladenovic e Caroline Garcia sobre a dupla número 1 do mundo, Sara Errani e Roberta Vinci, que selou a virada francesa por 3 a 2, depois de estarem perdendo por 2 a 0 no primeiro dia.

"No discurso desta manhã, eu disse a elas que temos de ir passo a passo. Funcionou do jeito que eu esperava. Isso é histórico para a França", comemorou a capitã, que ainda era jogadora na última vez que a França disputou uma semifinal, em 2007, caindo exatamente para a Itália, no saibro.

Uma das surpesas para este domingo foi a escalação de Mladenovic no lugar de Alizé Cornet para enfrentar a especialista no saibro Sara Errani. Aos 21 anos, Mladenovic havia disputado só um jogo de simples na carreira em Fed Cup e perdido. Mauresmo estava ciente do risco que correria caso a opção não desse certo, mas se mostrou confiante desde o início.

"Eu seria ou um gênio como capitã ou um absurdo!", disse a ex-líder do ranking, hoje com 35 anos. "Mas tomei a decisão de escalar Kristina, porque eu sabia que ela tinha jogo para vencer Errani. Sabíamos as táticas e ela foi capaz de fazer isso em quadra".

Ao longo de 1h28, Mladenovic apostou em seu estilo agressivo para neutralizar as trocas de bolas com muito topspin da italiana. Dessa forma, Mladenovic chegou à marca de 37 winners contra apenas 14 de Errani na vitória por 6/4 e 6/3.

Mais supreendente ainda foram os fáceis 6/1 e 6/2 obtidos pelas francesas na partida de duplas, visto que Errani e Vinci haviam vencido todas as suas seis partidas de duplas jogando juntas na Fed Cup, com Vinci estando invicta há 18 encontros.

"As duplas foi um resultado muito estranho", disse o capitão italiano Corrado Barazzutti, quatro vezes campeão da Fed Cup. "Elas são o número 1 do mundo e esperávamos um pouco mais. Mas a pressão neste jogo era grande e talvez elas a sentiram mais. As francesas foram muito agressivas, talvez porque não tivessem nada a perder. Mas nós não jogamos bem".

Esta foi apenas a sétima vez que uma nação reverte um 2 a 0 na Fed Cup, desde que a competição adotou o atual formato em 1995. Na semi, as francesas irão à República Tcheca, enfrentar as atuais campeãs da competição.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
Loja genérico