fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Victor Estrella, Albert Montanes, Quito, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Victor Estrella, Albert Montanes, Quito, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Thomaz Bellucci, Victor Estrella, Albert Montanes, Quito, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bellucci/0206_quito_fore_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bellucci/0206_quito_fore_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Bellucci pega outro veterano na busca por 6ª final
06/02/2015 às 20h58
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/bellucci/0206_quito_fore_int.jpg" title="Bellucci pode voltar ao top 50 em caso de título" />

Bellucci pode voltar ao top 50 em caso de título

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Quito (Equador) – Assim como aconteceu nesta sexta-feira, o paulista Thomaz Bellucci terá pela frente um adversário de 34 anos no saibro e na altitude de Quito. O dominicano Victor Estrella, que vive uma incrível fase desde a temporada passada, surpreendeu o jovem canhoto eslovaco Martin Klizan, por duplo 6/2.

"O Estrella é um especialista jogando em altura”, avalia Bellucci. “Vou tentar me impor com o saque,  igual eu fiz hoje, e manter a consistência também". Ele enfrentou o dominicano uma única vez, em 2013, na final do challenger de Bogotá, e perdeu. Estrella ainda não cedeu sets em Quito, tendo superado André Ghem e o argentino Renzo Olivo nas outras rodadas.

Dono de três títulos de nível ATP na carreira, Bellucci tentará neste sábado atingir a sexta final de primeira linha de sua carreira. Ele conquistou Gstaad duas vezes e Santiago, sempre no saibro, e foi à final da Costa do Sauípe e no piso sintético coberto de Moscou.

Sobre a partida diante de Montañes, Bellucci gostou do desempenho. Depois de salvar um set-point no final do segundo set, foi superior no tiebreak.  "Joguei bem hoje", comemorou. "Consegui manter regularidade maior do que nos jogos anteriores. Fiz um game ruim no segundo set que ele me quebrou, mas no geral foi um bom jogo. Estou feliz com essa primeira semi do ano", acrescentou.

Com os pontos já conquistados em Quito, Bellucci garantiu ascensão de oito posições e poderá reaparecer no 64º posto na próxima lista. Em caso de vitória, ele pode chegar ao 56º. O título em Quito garantirá seu retorno à faixa dos 50 primeiros.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
HandDry