fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
US Open, reforma, teto Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
US Open, reforma, teto Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
US Open, reforma, teto tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/outros_assuntos/usopen_reforma_650_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/outros_assuntos/usopen_reforma_650_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Cronograma do US Open prevê teto pronto em 2016
15/01/2015 às 16h41
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/outros_assuntos/usopen_reforma_650_int.jpg" title="" />
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Nova York (EUA) - A transformação do US Open está seguindo firme, com as obras para o teto retrátil na Arthur Ashe, que reúne números impressionantes. Cinco guindastes, trazidos da Bélgica e Alemanha, estão cercando a principal quadra do complexo de Flushing Meadows para levantar a cobertura do maior estádio exclusivamente para o tênis do mundo.

Projetado pelo designer e arquiteto ROSSETTI, o teto terá uma cobertura de aço e teflon com a dimensão de 200 mil metros quadrados. O objetivo da direção do torneio é que ele seja fechado apenas por causa da chuva, e não por causa do calor excessivo ou do vento. “O US Open pretende ser um torneio ao ar livre”, declarou o diretor David Brewer.

O peso dos painéis que irão deslizar sobre a Arthur Ashe para cobrar a quadra nos dias de chuva, se unindo de leste a oeste, pesam 800 toneladas. O telhado ficará a 15 metros mais alto do que o último acento, permitindo uma boa ventilação do local. Além disso, espera-se que o processo de fechamento dure algo em torno de 5 e 7 minutos.

Ao todo serão utilizados 200 trabalhadores na reforma do palco principal do US Open, mas que também participarão da construção do novo Grandstand (previsto para 2016), que mudará de local por causa do teto da Arthur Ashe. Também serão alargados os corredores perto do Plaza Sul (previsto já para 2015), o dobro do que está trabalhando atualmente no complexo.

Segundo o cronograma inicial, a ideia é que neste ano estejam prontas as passarelas na parte sul, que futuramente ligarão a quadra 17 ao novo Grandstand. Em 2016, deve estar pronto o teto da Arthur Ashe, o novo Grandstand, além da reforma de outras 10 quadras. Finalmente, está previsto para 2018 a entrega do novo Louis Armstrong

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin