fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Petra Kvitova, Karolina Pliskova, Angelique Kerber, Tsvetana Pironkova, SydneyCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Petra Kvitova, Karolina Pliskova, Angelique Kerber, Tsvetana Pironkova, SydneyCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Petra Kvitova, Karolina Pliskova, Angelique Kerber, Tsvetana Pironkova, Sydneytênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/kvitova/0115_sydney_preparasaque_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/kvitova/0115_sydney_preparasaque_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Kvitova tem revanche e faz final tcheca em Sydney
15/01/2015 às 09h02
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/kvitova/0115_sydney_preparasaque_int.jpg" title="Kvitova havia perdido para Pironkova no ano passado" />

Kvitova havia perdido para Pironkova no ano passado

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Sydney (Austrália) - A tcheca Petra Kvitova obteve sua revanche contra a búlgara Tsvetana Pironkova, atual campeã do Premier de Sydney e algoz da número 2 do mundo no ano passado. Nesta quinta-feira, a canhota Bilovec levou derrubou a rival em sets diretos, com parciais de 7/5 e 6/1, depois de 67 minutos.

Kvitova terá agora uma final 100% tcheca com a compatriota Karolina Pliskova, que na outra semifinal do dia deixou pelo caminho a cabeça de chave número 5, a alemã Angelique Kerber, triunfando com placar final de 6/3 e 6/2, em apenas 55 minutos de confronto.

Será a segunda vez que as duas compatriotas irão medir forças no circuito. Antes disso, elas duelaram pelas oitavas de final de Wuhan, no ano passado, onde Kvitova levou a melhor em batalha de três sets e depois rumou para a conquista do título do torneio.

Cabeça de chave número 2, Kvitova sacou muito bem na vitória sobre Pironkova, vencendo 79% dos pontos com o serviço. Mesmo assim, ela acabou cedendo dois break-points à rival e perdeu o saque. Em contrapartida, a tcheca somou seis oportunidades de quebra a seu favor e aproveitou quatro delas, duas em cada set.

No outro jogo do dia, o serviço também fez a diferença. Pliskova faturou 77% dos pontos com o saque, ao passo que Kerber teve aproveitamento de apenas 54% neste fundamento. A alemã não teve uma oportunidade sequer de quebra e enfrentou cinco break-points, dos quais três foram concretizados pela tcheca.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
HandDry