fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro, Sydney, retorno Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro, Sydney, retorno Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Juan Martin Del Potro, Sydney, retorno tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/del_potro/0111_sydney_coletiva_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/del_potro/0111_sydney_coletiva_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Del Potro: 'Às vezes a dor é muita, às vezes é pouca'
11/01/2015 às 11h12
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2015/del_potro/0111_sydney_coletiva_int.jpg" title="Afastado, Del Potro caiu para o 135º lugar no ranking" />

Afastado, Del Potro caiu para o 135º lugar no ranking

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Sydney (Austrália) - Afastado do circuito desde fevereiro do ano passado, o argentino Juan Martin del Potro vai finalmente voltar a jogar. Seu retorno acontecerá no ATP 250 de Sydney, que começa a ser disputado nesta segunda-feira. A estreia do “hermano” na competição será diante do ucraniano Sergiy Stakhovsky, em duelo inédito.

Embora o retorno às quadras tenha levado mais tempo do que o previsto, uma vez que a ideia inicial era voltar antes do último US Open, Del Potro revelou que ainda não está 100%. “O punho dói um pouco. Ele me incomoda às vezes quando bato um backhand, mas estou tentando bater o mais forte possível, pois preciso disso se for disputar os principais torneios”, explicou.

“Às vezes a dor é muita, às vezes é pouca. Está bem melhor do que três ou quatro semanas atrás, quando o médico me avisou que se jogasse iria agravar a lesão (no punho esquerdo)”, acrescentou o argentino. “Estou otimista. Preciso fazer tratamento todo o dia por um longo período. Tenho que fazer um aquecimento bem demorado antes dos treinos e jogos, o que toma um belo tempo do meu dia, mas essa é minha vida agora”, disse.

Consciente de que precisará treinar muito ainda para recobrar a melhor forma, Del Potro vai usar o ATP de Sydney como teste para medir sua condição de jogo. “Será um desafio jogar este torneio e ver se posso começar a temporada saudável e assim jogar o ano inteiro”, declarou o argentino, que despencou no ranking por causa do tempo de inatividade e agora é apenas o 135º do mundo.

Del Potro revelou que era duro para ele acompanhar o circuito de longe. “É bem difícil quando você fica parado, pois via todos os jogadores batendo mais forte na bola do que eu. Foi terrível assistir aos torneios na TV e ver o quão abertos estiveram os Grand Slam. Para o tênis foi bom, mas para mim foi triste, pois poderia estar brigando pelos títulos”, comentou o campeão dos US Open de 2009.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
HandDry