fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Fernando Verdasco, Brasil Open, Ibirapuera Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Fernando Verdasco, Brasil Open, Ibirapuera Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Fernando Verdasco, Brasil Open, Ibirapuera tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/verdasco/0216_bropen_comemora_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/verdasco/0216_bropen_comemora_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
'Sempre gostei de jogar no Brasil', afirma Verdasco
08/01/2015 às 16h10
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2012/verdasco/0216_bropen_comemora_int.jpg" title="Verdasco jogou pela última vez no Brasil em 2012" />

Verdasco jogou pela última vez no Brasil em 2012

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

São Paulo (SP) - Confirmado para a 15ª edição do Brasil Open, o espanhol Fernando Verdasco tentará em São Paulo seu sétimo título de simples na carreira. O experiente madrileno é um dos sete membros da "Armada Espanhola" inscritos no torneio, que será realizado entre 9 e 15 de fevereiro, no Ginásio do Ibirapuera.

"Estou muito feliz por voltar a São Paulo. Sempre gostei muito de jogar no Brasil, é um país que eu adoro", afirmou Verdasco, atual 33º do ranking mundial. O espanhol estreou no Brasil Open em 2004, quando o torneio era disputado na Costa do Sauípe, e parou na segunda rodada. Em 2012, já em São Paulo, Verdasco caiu nas quartas de final.

Junto aos seus companheiros de "Armada Espanhola", Verdasco foi campeão da Copa Davis três vezes. No circuito de duplas, o espanhol também tem um histórico vencedor. Ele faturou sete troféus na categoria, incluindo o ATP World Tour Finals de 2012, ao lado de David Marrero. No entanto, ele disputará apenas a chave de simples no Brasil Open: "Quero me concentrar mais no circuito de simples neste ano, vou jogar menos torneios de duplas", disse.

Verdasco também comparou a quadra do Brasil Open com a do Masters 1000 de Madri, devido à altitude das duas cidades e o saibro mais rápido. "Com certeza são condições adequadas para o meu jogo. Parece com o piso de Madri e espero apresentar um bom nível", acrescentou o canhoto espanhol.

A Espanha é o país que mais venceu títulos do Brasil Open: sete em 14 edições. Verdasco tentará se juntar a Rafael Nadal (2013 e 2005), Nicolás Almagro (2012, 2011 e 2008), Juan Carlos Ferrero (2010) e Tommy Robredo (2009).

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Suzana Silva
ProSpin