fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kaia Kanepi, Mona Barthel, Silvia Soler Espinosa, Alexandra Panova, Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kaia Kanepi, Mona Barthel, Silvia Soler Espinosa, Alexandra Panova, Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Kaia Kanepi, Mona Barthel, Silvia Soler Espinosa, Alexandra Panova, tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/estrangeiras_outras/kanepi_bastad_desliza_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/estrangeiras_outras/kanepi_bastad_desliza_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Kanepi é o principal nome nas quartas em Bastad
17/07/2014 às 13h53
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/estrangeiras_outras/kanepi_bastad_desliza_int.jpg" title="Kanepi é a mais bem ranqueada entre as quadrifinalistas" />

Kanepi é a mais bem ranqueada entre as quadrifinalistas

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Bastad (Suécia) - Com todas as cabeças de chave eliminadas, o WTA de Bastad tem na estoniana Kaia Kanepi sua mais forte candidata ao título. Atual 54 do mundo, ela se garantiu nas quartas de final do torneio ao derrubar a holandesa Richel Hogenkamp, vinda do qualificatório, com placar final de 6/3 e 6/1.

A adversária de Kanepi nas quartas será justamente a segunda mais bem colocada no ranking ainda viva na competição a alemã Mona Barthel, que teve trabalho com a quali canadense Gabriela Dabrowski e precisou de três sets para avançar, marcando parciais de 6/4, 3/6 e 6/4, depois de 2h37 de confronto.

Terceira melhor ranqueada na chave, a espanhola Silvia Soler seguiu em frente ao derrotar a alemã Julia Goerges por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/4, após 1h55 de partida. Sua oponente nas quartas será a russa a Alexandra Panova, algoz da norte-americana Grace Min com placar final de 6/2 e 6/4.

Das oito cabeças de chave, apenas a alemã Annika Beck passou da estreia, mas não foi além do segundo jogo e caiu diante de Lara Arruabarrena, atual 108 do mundo. Embora esteja fora do top 100, a espanhola não é a pior em termos de ranking, ficando à frente de Panova (137ª) e da cazaque Yulia Putintseva (204ª).

Algoz da pernambucana Teliana Pereira, que sequer finalizou a partida de estreia, Putintseva encara mede forças com a eslovaca Jana Cepelova, 71ª do mundo, nas quartas. Além delas, a parte de cima da chave tem também o duelo entre Arruabarrena e a sul-africana Chanelle Scheepers, a 91ª na lista da WTA.

Últimas notícias
Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis
ProSpin
RG Amateur Rio