fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nick Kyrgios, Rafael Nadal, Milos Raonic Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nick Kyrgios, Rafael Nadal, Milos Raonic Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Nick Kyrgios, Rafael Nadal, Milos Raonic tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/estrangeiros_outros/kyrgios_wimb_voleia_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/estrangeiros_outros/kyrgios_wimb_voleia_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
'Quero ser o número 1 do mundo', afirma Kyrgios
01/07/2014 às 18h32
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/estrangeiros_outros/kyrgios_wimb_voleia_int.jpg" title="Atual 144º do ranking, Kyrgios vinha jogando Challengers" />

Atual 144º do ranking, Kyrgios vinha jogando Challengers

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Quando disparou seu 37º ace nesta terça-feira, o jovem australiano Nick Kyrgios não apenas selou a maior vitória de sua carreira ao superar o espanhol Rafael Nadal, como também se mostrou confiante em, um dia, obter o mesmo sucesso de Nadal no circuito. “Eu quero ser o número 1 do mundo. Essa a minha motivação”, disse o australiano de 19 anos.

“Você tem que acreditar que você pode ganhar o jogo desde o início e foi o que eu fiz. Eu adorei a atmosfera e a multidão. Quando fui sacar em 5/3 no quarto set, eles entraram em erupção. Eu adoro esse sentimento”, acrescentou o jovem tenista. Atual 144º colocado do ranking mundial, o Kyrgios é o primeiro jogador de fora do top 100 a bater um número 1 em um Grand Slam desde a derrota do norte-americano Jim Courier para o russo Andrei Olhovskiy em 1992.

Kyrgios passou grande parte do ano disputando torneios de nível Challenger. O australiano chegou a vencer um título na grama inglesa de Nottingham há poucas semanas, vindo de uma eliminação precoce para o 185 do mundo John Patrick Smith na semana anterior. “É extraordinário”, vibrou Kyrgios. “Nunca pensei que estaria nas quartas de Wimbledon três semanas depois”.

Nas quartas de final, Kyrgios que contou com ótimo desempenho no saque para superar o líder do ranking terá pela frente um jogador com estilo muito parecido com o seu, o canadense Milos Raonic, nono do ranking. Ciente do que terá pela frente no jogo que será realizado já nesta quarta-feira, Kyrgios prega muito respeito ao rival.

“Eu estou indo para ir para casa hoje à noite e farei tudo o que forpossível para a minha próxima rodada amanhã. Milos provavelmente tem o melhor saque no mundo. Espero chegar lá e me divertir de novo”.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series