fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Martin Klizan, Wimbledon Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Martin Klizan, Wimbledon Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, Martin Klizan, Wimbledon tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0621_wim_andasorrindo_int.png" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0621_wim_andasorrindo_int.png" />
Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Nadal: 'Me sinto melhor do que nos outros anos'
21/06/2014 às 13h11
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0621_wim_andasorrindo_int.png" title="Nadal diz joelho dói pouco e costas não incomodam" />

Nadal diz joelho dói pouco e costas não incomodam

Foto: Site oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Londres (Inglaterra) - Eliminado precocemente nas duas últimas edições de Wimbledon, o espanhol Rafael Nadal garante que chega ao All England Club muito mais bem preparado. "Estou fazendo todas as coisas bem", afirmou o número 1 do mundo, que novamente vem do título em Roland Garros. "Estou treinando com maior intensidade do que o habitual".

Segundo Rafa, sua confiança se baseia no fato de que não está sentindo problemas no joelho, que geralmente sofre muito nas quadras de grama. "Tudo está bem, então tenho conseguido ficar muito mais tempo em quadra para me adaptar. Isso é muito positivo", afirma ele, que terá como primeiro adversário o também canhoto Martin Klizan, eslovaco que ocupa o 57º posto do ranking.

Os problemas nas costas, que o incomodaram em Paris, também evoluíram. "Em Roland Garros, a dor foi melhorando e aqui não está me limitando", mas reconheceu que "existe sempre o receio de que isso volte". Para ele, isso é um aspecto fundamental em Wimbledon: "Aqui é preciso sacar bem e arriscar um pouco mais. Para jogar bem na grama, é preciso estar fisicamente bem, o que não me foi possível nos dois últimos anos. O joelho dói mjito menos agora".

Rafa chegou na quarta-feira a Londres, após tirar quatro dias de descanso com a família em Mallorca. Tem dado muita atenção ao saque nos treinamentos e admite que é preciso tomar cuidado com as primeiras rodadas. "Wimbledon é um torneio em que tudo acontece muito rápido, principalmente nos jogos iniciais".

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series