fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Tommy Haas, cirurgia, ombro Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Tommy Haas, cirurgia, ombro Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Tommy Haas, cirurgia, ombro tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/haas/0113_ausopen_atendimento_ombro_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/haas/0113_ausopen_atendimento_ombro_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia
Haas decide operar ombro e perde restante do ano
16/06/2014 às 10h57
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/haas/0113_ausopen_atendimento_ombro_int.jpg" title="Haas sente o ombro desde o Australian Open" />

Haas sente o ombro desde o Australian Open

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Miami (EUA) - Depois de sofrer recorrentes dificuldades e abandonar frequentemente torneios, o veterano alemão Tommy Haas decidiu realizar nova cirurgia no ombro direito. O ex-número 2 do ranking, dono de 15 títulos de primeira linha, anunciou nesta segunda-feira que irá se submeter a artroscopia e isso o impedirá de competir pelos próximos oito meses.

A operação será realizada já nesta terça-feira pelo Dr. David Attchek, em Nova York. "Tem sido um problema desde o começo da temporada e fui obrigado a me retirar de várias partidas, o que nunca é divertido", afirmou Haas ao site da ATP. "Na semana passada, fiz nova ressonância magnética, porque senti algo muito ruiim no ombro jogando em Paris. Infelizmente, é a mesma contusão que já tive antes e que estava curada, mas o tendão sub-escapular está rompido novamente".

"Este é um grande passo para trás em um processo que vem sendo longo, mas eu ainda espero retornar às quadras em algum momento e encerrar a carreira da forma que eu realmente desejo. Tentarei de tudo para isso", afirmou ele, que ficou um ano fora do circuito em 2011, mas conseguiu espetacular retorno na temproada seguinte, após cirurgias no quadril e no cotovelo direito, saltando 180 postos. Ele já havia operado o mesmo ombro direito em 2004.

Aos 36 anos, Haas é o mais velho tenista que aparece entre os 100 primeiros do atual ranking. "O que eu poderia tentar para voltar mais rapidamente à quadra é jogar como canhoto", afirmou ele. "É uma ideia para me manter em atividade, já que vou precisar de pelo menos três ou quatro meses para começar a exercitar de novo o ombro direito. Teremos que ver como irei me recuperar, é importante ter paciência. Acredito que só poderia voltar a competir dentro de oito meses. Essa é a meta no momento".

Saiba mais

• Haas fala com fãs. Veja o vídeo.

Últimas notícias
Comentários
Loja - livros
Suzana Silva
ProSpin