fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Simona Halep , Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Simona Halep , Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Maria Sharapova, Simona Halep , tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0510_madri_trofeu_halepaolado_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0510_madri_trofeu_halepaolado_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Final feminina reúne duelo de estilos e gerações
06/06/2014 às 18h37
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/sharapova/0510_madri_trofeu_halepaolado_int.jpg" title="Sharapova venceu Halep em Madri há um mês" />

Sharapova venceu Halep em Madri há um mês

Foto: Arquivo
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - A final feminina de Roland Garros colocará frente a frente uma experiente Maria Sharapova, que precisou reverter placares negativos em suas últimas três partidas, e uma jovem e embalada Simona Halep, em sua primeira decisão de Grand Slam sem ceder qualquer set as suas rivais durante o torneio. Além de um duelo de gerações, um confronto de estilos de jogo. Enquanto a russa é notabilizada por seu tênis mais agressivo e pela potência dos golpes, Halep usa maior variação de jogo e tem capacidade de abrir ângulos, usando toda a quadra. O jogo será às 10 horas (de Brasília),

Será a nona final de Grand Slam de Sharapova. Dona de um troféu em cada um dos quatro maiores torneios do ano, a russa de 27 anos disputará sua terceira decisão consecutiva em Paris e tem mostrado força nas quadras de saibro ao longo dos últimos anos. Entre 2011 e 2014, Sharapova soma um total de sete conquistas e dez finais nos principais torneios em terra batida no circuito: Roland Garros, Madri, Roma e Stuttgart.

Do outro lado da rede estará uma jogadora em franca ascensão no circuito mundial. Há um ano, Halep chegou a Roland Garros vinda de uma excelente campanha em Roma, onde fez semifinal, mas perdeu na primeira rodada do Grand Slam parisiense quando ocupava apenas a 57ª posição no ranking e sequer possuía um título de WTA. A mudança de figura começou logo na semana seguinte com o troféu no torneio de Nuremberg, o primeiro de uma série de sete, em diferentes níveis e pisos. Aos 22 anos, Halep aparece hoje quarto lugar no ranking (será a terceira a partir da próxima segunda-feira) e desde o início do torneio era um nome forte para o título em Paris.

O retrospecto entre Sharapova e Halep é curto, foram apenas três encontros todos com vitória da russa. Há um mês, as duas decidiram o título em Madri. Depois de dominar as ações durante todo o primeiro set, Halep viu a rival elevar o nível e virar o placar, um roteiro que tem sido tão comum a várias adversárias da russa durante a temporada no saibro.

Veja o retrospecto geral das duas:

Sharapova 3 x 0 Halep
2014 – Premier de Madri (saibro) - final - Sharapova, 1/6 6/2 6/3
2012 – Premier de Pequim (sintético) - 2ª rodada - Sharapova, 7/5 7/5
2012 – Premier de Indian Wells (sintético) - 3ª rodada - Sharapova, 6/3 6/4

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series