fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Ernests Gulbis, nadal Copa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Ernests Gulbis, nadal Copa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Novak Djokovic, Ernests Gulbis, nadal tênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0603_rolandgarros_enxugatesta_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0603_rolandgarros_enxugatesta_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Djokovic admite cansaço, mas segue confiante
06/06/2014 às 15h16
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/djokovic/0603_rolandgarros_enxugatesta_int.jpg" title="Sérvio deu sinais de desgaste durante 3º set" />

Sérvio deu sinais de desgaste durante 3º set

Foto: Site Oficial
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Classificado para sua segunda final em Roland Garros, o sérvio Novak Djokovic comentou sobre as condições climáticas que ele e o letão Ernests Gulbis enfrentaram durante a partida semifinal. Após apresentar um ótimo desempenho nos dois primeiros sets, Djokovic deu sinais de cansaço e permitiu uma reação do rival. Ao final do jogo, o número 2 do mundo comemorou o fato de ter finalizado o confronto em quatro sets evitando jogar mais uma parcial sob um forte calor.

“Nos dois primeiros sets eu fui bem. Acho que fui muito sólido, sacando bem e encaixando boas devoluções. Então, de repente no meio do terceiro set, comecei a me sentir fisicamente cansado um pouco e vocês puderam ver que o quanto eu e ele lutamos na quadra. Apenas estou feliz que eu ganhei em quatro sets, porque se fosse para o quinto, só Deus sabe em que direção o jogo poderia ir”, disse Djokovic.

O sérvio ainda fez questão de tranquilizar o público ao afirmar que o aparente incômodo não é indício de nenhum tipo de lesão. “Não há nada me incomodando. Apenas a fadiga geral que provavelmente foi influenciada pelas condições do clima ou outras coisas que eu senti hoje. Mas eu não vou falar sobre isso. Eu só vou descansar hoje e amanhã, tentar não gastar muita energia para nas quadras, e me preparar para a final”.

Além do desgaste físico, o clima diferente do habitual durante o torneio parisiense também obrigou Djokovic a promover algumas mudanças em seu estilo de jogo. “Tudo requer um pouco de um ajuste, porque jogamos por mais de 10 com o tempo nublado e com a quadra um pouco mais pesada. A bola não quicava tão alto como hoje. O ponto de bater na bola estava um pouco mais alto, de modo que eu tive de se adaptar a isso.”, explicou Djokovic. “E é claro que o sol forte também afeta a fadiga dos jogadores. Tivemos um monte de ralis longos. Mas no final do jogo eu consegui encontrar um ritmo necessário”, completou o sérvio que neste domingo enfrenta o espanhol Rafael Nadal na final do torneio.

Nos últimos dois anos, o sonho de Djokovic vencer o último Grand Slam que lhe resta parou em Nadal. Em 2012, o espanhol venceu a final em quatro sets, num jogo que precisou ser finalizado apenas na segunda feira por conta das chuvas em Paris. Já no ano passado, o encontro ocorreu ainda nas semifinais, e Nadal acabou prevalecendo ao vencer o quinto e último set por 9/7.

Este ano, entretanto, Djokovic saiu vencedor nos dois encontros entre os tenistas, nas finais de Miami, em piso sintético, e em Roma, no saibro. Por conta disso, o sérvio mostra confiança em suas chances para a partida diante do número 1 do mundo e se sente pronto para impedir que Nadal conquiste seu nono título em Paris.

“Não vai haver uma diferença significativa em minha tática contra Nadal em comparação com outros jogos anteriores, especialmente aquele de Roma. Vou tentar ser agressivo, porque essa é a única maneira que posso vencê-lo, disse Djokovic. “Ele não é imbatível. Ter vencido os últimos jogos em grandes eventos e saber que eu estive perto de ganhar dele aqui nos últimos dois anos me dá razão para acreditar que eu posso fazer isso neste momento”.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series