fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, David Ferrer, Andy Murray, Gael Monfils, Roland GarrosCopa Davis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, David Ferrer, Andy Murray, Gael Monfils, Roland GarrosCopa Davis" lang="pt-BR" xml:lang="pt-BR" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Rafael Nadal, David Ferrer, Andy Murray, Gael Monfils, Roland Garrostênis" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0604_rg_back_int.jpg" /> fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0604_rg_back_int.jpg" />
Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Nadal consegue virada, bate Ferrer e vai à semi
04/06/2014 às 16h23
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
2014/nadal/0604_rg_back_int.jpg" title="Nadal segue em busca do nono título em Roland Garros" />

Nadal segue em busca do nono título em Roland Garros

Foto: Divulgação
fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d

Paris (França) - Na reedição da final do ano passado, mais uma vez o espanhol Rafael Nadal levou a melhor sobre o compatriota David Ferrer em Roland Garros. Nesta quarta-feira, pelas quartas de final do torneio, o canhoto de Mallorca começou apático, mas foi elevando seu nível e venceu de virada, com placar final de 4/6, 6/4, 6/0 e 6/1, depois de 2h34 de confronto.

Em busca de sua nona final no torneio, Nadal terá pela frente o vencedor da partida envolvendo o francês Gael Monfils e o britânico Andy Murray. O espanhol tem ampla vantagem contra o último representante da casa, com 10 triunfos em 12 duelos. Já contra o escocês de Dunblane são 14 vitórias em 19 partidas.

Espanhóis de maior sucesso no saibro parisiense, Nadal e Ferrer protagonizaram uma batalha de altos e baixos, que começou com o número 1 do mundo errando muito. Só no primeiro set ele desperdiçou 15 pontos em erros não forçados e venceu somente 55% dos pontos com o saque. O tenista de Javea mostrou firmeza e com duas quebras contra uma saiu na frente do placar.

Só que o momento começou a virar no segundo set, em que o canhoto de Mallorca igualou as coisas. Nadal se beneficiou de uma quebra obtida logo no terceiro game para jogar com mais folga no restante da parcial. Ele passou aperto no sexto game, teve que salvar três break-points, mas depois disso rumou sem grandes problemas para empatar o jogo.

Foi então que um “apagão” acometeu Ferrer, que não jogou nada no terceiro set e foi dominado pelo compatriota. Sem cometer um erro não forçado sequer, Nadal anotou um “pneu” para cima do companheiro de Copa Davis em uma parcial na qual anotou cinco bolas vencedoras, contra três de um rival que jogou 13 bolas para fora em erros não forçados.

O domínio de Nadal permaneceu no começo do quarto set, no qual venceu os três primeiros games e chegou a uma série negativa de 10 seguidos. A sequência foi interrompida com uma quebra no quarto game, quando Ferrer devolveu uma das duas quebras sofridas, mas logo em seguida ele acabou perdendo o saque mais uma vez. O canhoto de Mallorca manteve a boa vantagem até o fim e fechou com novo break.

Esta foi a 22ª vitória de Nadal sobre o compatriota, que havia levado a melhor no último encontro entre eles, pelas quartas de final do Masters 1000 de Monte Carlo. O canhoto de Mallorca obteve seu 64º triunfo em Roland Garros, sendo que os últimos 33 vieram de maneira seguida, colocando o espanhol como a quarta maior série em um único Grand Slam. À sua frente, apenas o suíço Roger Federer, com 40 vitórias seguidas em Wimbledon e no US Open, e o sueco Bjorn Borg, com 41 em Wimbledon.

Últimas notícias
Comentários
Faberg
Roland Garros Series